: : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :   CRÔNICAS    : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :
 

  "In Vino Veritas"
 

 

 

    Um agreste povoado italiano vinha preocupando sobremodo as autoridades eclesiásticas romanas que resolveram designar para assumir a paróquia desse vilarejo um dos mais promissores padres da nova geração. Esperava-se assim conseguir mudar o panorama espiritual dessa localidade, cujos habitantes se mostravam indiferentes aos assuntos religiosos.

    Decorridos alguns meses dessa nomeação, as notícias procedentes desse lugarejo continuavam sendo desanimadoras, revelando que o novo pastor não obtivera êxito em sua missão.

    Indicado para fazer uma visita pastoral, o bispo da diocese verificou que o jovem padre era muito tímido nos seus sermões, atuando de forma acanhada e inibida. À guisa de incentivo e procurando resolver esse impasse, aconselhou ao sacerdote que, antes de subir ao púlpito, fosse estimulado por alguns cálices de vinho. O jovem padre seguiu de bom grado tão agradável conselho e, antes de sua prédica, fez uma vigorosa calibragem, passando dos limites da moderação.

    Ao término de seu inflamado sermão, recebeu as efusivas felicitações do bispo que havia acompanhado, admirado e pasmo, a radical transformação do pregador. Aproveitou o ensejo para dizer que ele tinha superado todas as expectativas e havia sido até mesmo exagerado e demasiado veemente em suas exortações, não havendo necessidade de ter mandado o demônio cinco vezes para as profundas do inferno!

    É fora de qualquer dúvida que os eflúvios catalisadores do vinho tiveram um forte efeito, rompendo todas as cadeias que prendiam os arroubos e impulsos do talentoso pregador. A sugestão do experimentado bispo foi ditada pela notória propriedade desinibidora do vinho no organismo humano. É bastante conhecida a expressão latina "in vino veritas" que, em linguagem vulgar, pode-se entender que, sob a ação do vinho, prevalece a verdade e as palavras proferidas nesse estado são sinceras e espontâneas.

    Por ocasião do VIII Torneio do Vinho, competição efetuada em Montilla-Moriles, Anthony Miles enfrentou o ex-campeão mundial Bóris Spassky, em renhida partida. Inspirado pelos efeitos capitosos do famoso vinho "amontillado" dessa região espanhola, o gm inglês jogou de forma corajosa, descontraída e com todo o ímpeto, não se deixando intimidar diante dos gloriosos antecedentes de seu adversário e produzindo uma partida de alto nível, com um palpitante desenrolar.

VIII TORNEIO DO VINHO
A.Miles x B.Spassky

Montílla, 1978. PD – Defesa Índia da Dama - ECO E 12

1 d4 Cf6 2 Cf3 b6 3 c4 e6 4 Bf4
Para combater a Defesa índia da Dama, Miles recorre a uma antiga continuação que ganhou fama em 1922, no Torneio de Londres, merecendo assim a denominação de "Sistema Londres".

4 ... Bb7 5 e3 Be7
Spassky joga a abertura de forma displicente. Era imperioso pedir explicações ao saliente bispo branco com 5 Ch5, como o fez Capablanca contra Romih, no Torneio de Paris, 1938

6 h3!
Uma precaução necessária que assegura a sobrevivência do importante bispo- dama das Brancas.Inadequado é 6 Cc3, em face de 6 ... Ch5 7 Bg3 d6 8 Bd3 Cbd7 9 O- O g6! 10 h3 Cxg3 11 fxg3 O- O, permitindo que as Pretas fiquem com excelentes perspectivas, traduzidas na posse do par de bispos e uma melhor estrutura de peões, como demonstrou a partida Spassky x Kárpov, Supertomeio de Montréal, 1979.

6 ... O- O 7 Cc3 d5 8 cxd5 exd5 9 Bd3 c5 10 O- O Cc6
A partida assumiu características da "Variante das Trocas"no Gambito da Dama, com melhores chances para as Brancas.

11 Ce5 c4 12 Bc2 a6 13 g4!
Uma decisão corajosa! As Brancas iniciam uma ofensiva na ala do rei, enquanto que as Pretas concentram suas ações numa lenta expansão na ala da dama.

13 ... b5 14 g5! Ce8 15 Dg4 g6 16 Tad1! Cg7 17 h4 Bb4?
Uma jogada inconseqüente, revelando um condenável indiferentismo à demonstração das Brancas na ala do rei. Era imprescindível tomar medidas urgentes com 17 ... b4 18 Ce2 f6! , procurando diminuir a intensidade do ataque branco.

18 Cd7! Bc8 19 Cxd5! Rh8
É claro que 19 ... Bxd7 seria contestado com 20 Dxd7 Dxd7 21 Cf6+, recuperando a peça com vantagem.

20 C(5)f6 Ta7
As Pretas parecem que lograram êxito em seu plano de aprisionar o afoito cavalo branco.

21 d5 Ce7 22 Be5 Txd7
A continuação 22 ... Bxd7 teria ensejado 23 Dd4!, com múltiplas ameaças.

23 h5 Txd5 24 Df4! Txd1 25 Txd1 Da5 26 Ce8!
Não satisfeito em ter sacrificado um cavalo, Miles entrega o segundo. Se agora 26 ...Txe8 27 Dxf7 Tg8 28 h6 Cf5 29 Bxf5 Bf8 30 Bxc8,com fácil vitória das Brancas.

26 ... f6
Um procedimento tardio que não mais alcançará o objetivo de frustrar o ataque branco.

27 gxf6 Rg8
Após 27 ... Txe8, o arremate gracioso seria 28 f7! Tf8 29 h6 Cf5 30 Dxf5! Bxf5 31 hxg7++!

28 Cxg7 Abandonam

 
 

HOME :: PERFIL :: ATUALIDADES :: COLUNAS :: TEORIA :: COMPUTAÇÃO :: XADREZ JUVENIL :: XADREZ FEMININO :: LINKS :: CONTATO