: : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :   CRÔNICAS    : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :
 

  OS PRÊMIOS DE BELEZA NO XADREZ
 

 

 

     A mais bela partida de xadrez de um torneio costuma ser agraciada com um prêmio especial, num reconhecimento material de seus méritos e qualidades estéticas. Assunto merecedor do interesse de todo enxadrista, teve como maior cultor o francês François Le Lionnais. Nascido em Paris (03.10.1901) e falecido na localidade francesa de Boulogne-Billancourt (13.03.1984), foi uma personalidade de múltiplas atividades e diversas profissões engenheiro, matemático, físico e fecundo escritor.

    Para o mundo do xadrez, porém, tornou-se conhecido como um notável compositor de problemas e extraordinário publicista, ganhando fama com seus artigos e crônicas na revista francesa "Les Cahiers de L’Échiquier Français". Como fruto de seu trabalho à frente dessa publicação especializada, escreveu a monografia "L’Ouverture Française" que recebeu os aplausos dos mais exigentes críticos. Não satisfeito com essas meritórias iniciativas, elaborou juntamente com o mestre austríaco Ernst Maget um original "Dictionnaire des Échecs" que se tornou uma fonte obrigatória de consulta e serviu de paradigma a outras publicações do gênero.

    A maior contribuição enxadrística de Le Lionnais, entretanto, foi a magnífica antologia intitulada "Les Prix de Beauté aux Échecs", na qual ele faz um estudo detalhado sobre as qualidades essenciais de uma partida digna de tão significativo laurel, com uma história completa sobre a matéria, abrangendo mais de 200 partidas premiadas em diversas competições magistrais, enriquecidas sobremodo com os seus excelentes comentários, nos quais se fundem, numa admirável síntese, o homem de letras e o abalizado teórico !

    Sobre a importância e valor de Le Lionnais, eis o que disse a seu respeito o conhecido teatrólogo e cronista de xadrez Fernando Arrabal: "Em certos países, há homens que as autoridades têm como reservas nacionais, como se eles fossem possuidores de poços de petróleo ou minas de ouro ! Que título não deveria merecer em tais países um homem do porte de Le Lionnais !"

    Como fecho desse registro sobre tão expressiva personalidade, extraímos de sua citada obra "Os Prêmios de Beleza no Xadrez" uma famosa partida – considerada pelo didata Irving Chernev entre as dez melhores obras-primas de todos os tempos !

    Jogada no 1º Torneio Internacional de Hastings, em 1895, foi considerada a mais bela desse certame magistral e teve como contendores: de um lado, o primeiro campeão mundial William Steinitz e, do outro, o mestre alemão Kurt von Bardeleben.

1º Torneio Internacional de Hastings, 1895
Brancas: Willian Steinitz
Pretas: Kurt von Bardeleben
PR – Giuoco Pianno
- ECO C 54

1 e4 e5 2 Cf3 Cc6 3 Bc4 Bc5 4 c3 Cf6 5 d4
Uma alternativa ardilosa é 5 0-0!?, pois idêntica continuação é comprometedora para as Pretas, a saber: 5... 0-0?! 6 d4 exd4 7 cxd4 Bb6 8 e5 Ce8 9 Bg5 Ce7 10 De2! H6 11 Bh4 Rh8 12 Cc3 f6 13 exf6 Cxf6 14 Ce5 d5 15 Bxd5! Cexd5 16 Cg6+ Rg8 17 Cxd5 Tf7 18 Cde7+ Rh7 19 Dd3 Dxd4 20 Cf8+ Rh8 21 Dh7+!! Cxh7 22 Cfg6 mate – partida R. Câmara – N. Bastos, Fortaleza, 1948. NR – Como o xadrez é pleno de nuances: na crônica "Dragão à mineira" a ausência do roque foi fatal; nesta, a presença foi a causa do desastre!

5...exd4 6 cxd4 Bb4+ 7 Cc3 d5 8 exd5 Cxd5 9 0-0 Be6 10 Bg5 Be7 11 Bxd5 Bxd5 12 Cxd5 Dxd5 13 Bxe7 Cxe7 14 Te1
Concluída a abertura, a posição acusa superioridade das Brancas: para compensar o peão isolado, elas têm as peças coordenadas, enquanto que as Pretas ainda não completaram o seu desenvolvimento e terão de rocar de modo artificial, enfraquecendo sobremodo sua situação.

14...f6 15 De2 Dd7 16 Tac1 c6 17 d5!!
Considerado "o pai da escola moderna", Steinitz efetuou com este avanço um inspirado sacrifício de peão, com o fim de abrir caminho para a entrada triunfal de seu Cavalo no território inimigo !

17...cxd5 18 Cd4 Rf7 19 Ce6! Thc8 20 Dg4 g6 21 Cg5+ Re8 22 Txe7+!!
Após uma magistral aula estratégica, Steinitz passa a executar uma decisiva demonstração tática ! É oportuno observar que a posição encerra interessantes particularidades: à exceção do Rei e peões, as demais peças brancas estão atacadas e, mesmo assim, o lance do texto inicia uma combinação fulminante !

22...Rf8
A Torre era "tabu": 22...Dxe7? 23 Txc8+ era conclusivo, enquanto que 22...Rxe7? 23 Te1+ Rd6 24 Db4+ Rc7 25 Ce6+ Rb8 26 Df4+ Tc7 27 Cxc7 e ganham.

23 Tf7+
De forma graciosa, a TR continua sua missão provocativa ! Já 23 Txd7?? ensejaria 23...Txc1+, seguido de mate.

23...Rg8
Se 23...Dxf7 24 Txc8+ era decisivo.

24 Tg7+!!
"Que Torre insolente !" – teria exclamado por certo o Rei preto se falar pudesse !

24...Rh8
As outras alternativas eram igualmente desastrosas: a) 24...Rxg7 25 Dxd7+; b) 24...Dxg7 25 Txc8+; c) 24...Rf8 25 Cxh7+ Rxg7 26 Dxd7+ e ganham.

25 Txh7+!!
A ciranda de xeques atinge o seu clímax ! Para o êxito de toda a seqüência combinatória era imprescindível desobstruir a coluna da TR, como se verá em seguida. Agora, recorremos ao comentário final feito por Le Lionnais, em sua antologia: "Nesta posição, Bardeleben ausentou-se da sala de jogos e deixou o seu relógio ultrapassar o tempo de reflexão. Com isto, a partida foi considerada ganha em favor de Steinitz por forfait de Bardeleben. Esse último apresentou como desculpa de sua conduta, os aplausos frequentes e bastante prolongados com que a platéia saudava os vitoriosos. Essa escusa foi considerada procedente pela Comissão do Torneio. O velho campeão encarou toda essa situação com grande elegância e demonstrou que, a partir desse ponto, havia mate forçado em dez lances, a saber: 25...Rg8 26 Tg7+ Rh8 27 Dh4+! – eis o motivo da necessidade da eliminação do PTR das Pretas – 27...Rxg7 28 Dh7+ Rf8 29 Dh8+ Re7 30 Dg7+ Re8 31 Dg8+ Re7 32 Df7+ Rd8 33 Df8+ De8 34 Cf7+ Rd7 35 Dd6 mate"

 

Por fim, diante de tão magnífica jóia enxadrística, só resta lembrar o verso imortal do poeta inglês John Keats:

"Uma coisa bela é uma alegria para sempre !"

 
 

HOME :: PERFIL :: ATUALIDADES :: COLUNAS :: TEORIA :: COMPUTAÇÃO :: XADREZ JUVENIL :: XADREZ FEMININO :: LINKS :: CONTATO