: : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :   CRÔNICAS    : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :
 

   Radjabov x Karpov
 

O encontro dos extremos foi uma das grandes atrações do recente match Rússia x Resto do Mundo
 

 

A - Br. jogam e ganham



B - Mate em 3 lances

 

Teimur Radjabov

Há 20 anos, causaria uma comoção mundial noticiar que um jovem de 15 anos (Teimur Radjabov, 12.03.1987 – Azerbaijão) venceu um dos maiores campeões mundiais de todos os tempos (Anatoly Karpov, 23.05.1951 – Rússia). Hoje? Vale um registro e vamos em frente que atrás (Karjakin) já vem gente.

     Radjabov fez 50% dos pontos, com 3 vitórias, 3 derrotas e 4 empates, jogando contra adversários que totalizavam um rate-médio de 2.716 pontos-ELO.

     Uma das maiores atrações da festa realizada em Moscou (setembro, 8-11) reuniu o benjamim e o nestor do torneio, e não obstante o sólido estilo de ambos, testemunhamos uma partida vibrante e de interesse teórico.

T. Radjabov (2610) x (2687) A. Karpov (2ª rod. – 25m+10s, RM x RUS, Moscou, 08.09.2002 – Índia da Dama, E 12)

1 d4 Cf6 2 c4 e6 3 Cf3 b6 4 a3
Variante Petrosian, preferida de Teimur para combater essa defesa.

4...Bb7 5 Cc3 d5 6 cxd5 Cxd5 7 e3 g6?!
Anatoly KarpovEsse caminho conduz por inversão de lances à variante das Trocas da defesa Grunfeld. O mais estranho é que a Grunfeld é prima-irmã da Índia do Rei que nunca fez parte do repertório de Karpov. E mais, Karpov publicou um livro (Batsford, 1992) intitulado "Batendo a Grunfeld", altamente desestimulante para os adeptos desse esquema defensivo. E ei-lo agora dando um laço de gravata numa corda.
 

8 Bb5+ c6 9 Ba4 Bg7 10 0-0 0-0 11 e4 Cxc3 12 bxc3 c5 13 Bg5 Dd6
Recomenda-se 13...Dc7, mas há um exemplo recente: 14 Te1 a6 15 Dd2 b5 16 Bb3 Cd7 17 Bf4 Da5 18 Bd6 Tfc8 19 Cg5! Bh6 20 Bf4 cxd4 21 Cxf7! Bxf4 22 Dxf4 Tf8 23 Bxe6 Cc5 24 Df6, 1-0. Brorovikov-Parligras, Pardubice 2002. Ou então, 13...f6 14 Be3 Bxe4 15 dxc5 bxc5 16 Bxc5 Dxd1 17 Tfxd1 Tc8 18 Be3 Bd5 19 Cd4 com paridade, ½-½ in 35. Piket-Karpov, Amber rapidplay, Mônaco 2000.

14 Te1 Cc6 15 e5 Dc7 16 Dd2!
Passando para a ala onde reinará soberana, ainda que o mais comum seja 16 h4!? h6 17 Bf4 Ce7 18 De2 Cf5 19 Bc2 cxd4 20 Bxf5 exf5 21 cxd4 Bd5 22 De3 Rh7 23 e6 De7 24 exf7 Dxe3 25 Txe3 Txf7 com igualdade, embora 1-0 in 51. Grunfeld-Psakhis, Haifa 2000.

16…Ca5 N
Novidade duvidosa, levando o cavalo para o deserto, quando a estrada do oásis central passa por e7: 16...Ce7!? 17 Tad1 Tad8? e as pretas se atrapalharam, 1-0 in 39. Khenkin-Epishin, open in Holanda 1998; com 17…Bxf3 18 gxf3 Cf5! as pretas estariam bem.

17 Tac1 Bd5
Desperdiçando o golpe 17...Bxf3 18 gxf3 b5! com boas chances.

18 Df4! Tfc8 19 h4! Db7 20 Bf6 Bf8
E até parece que o ataque das brancas estagnou, mas não se pode esquecer de que elas têm uma dama de vantagem na ala do rei.

21 Ch2!?
Superior seria, primeiro, 21 h5!! com um ataque irresistível.

21...cxd4?
Era melhor 21...Bxg2 22 Cg4 Bh1!-/+.

22 cxd4 Txc1 23 Txc1 Bxg2 24 Cg4! h5
Aí está, com a abertura da coluna-c, se 24...Bh1? 25 Bc6!! Bxc6 26 Ch6+, ganhando.

25 Ce3?!
Teimur notabilizou-se pelo seu alto senso posicional, incompatível com sua idade; realmente, se ele fosse do "ramo", seguiria com 25 Ch6+! Rh7 26 Cxf7! Dxf7 27 Rxg2 Bh6 28 De4 Bxc1 29 Dxa8 com vantagem decisiva.

25...Be4 26 Bd1! b5
Se 26... Rh7 27 d5! exd5 28 e6!+-.

27 d5 Bxd5??
Sem esse bispo Karpov está perdido, órfão das casas brancas; impunha-se 27...exd5 28 f3 Bd3 29 e6 Cc4! com contrajogo.

28 Cxd5 exd5 29 e6! Cc4
No caso de 29...fxe6? 30 Tc7 Db6 31 Be5!+-.

30 Dg5
Era mais incisivo 30 Bxh5! Rh7 31 Bg4+/-.

30...Rh7 31 Bc2! Bg7 32 Te1
Era melhor 32 exf7! Dxf7 33 Dxh5+ Rg8 34 Bxg6 Dxf6 35 Dxd5+ Rh8 36 Dxa8+ Bf8 37 Be4 e o Fritz-7.0 registra o vitorioso índice de +2.10.

32...Te8 33 Dxh5+ Rg8 34 Bxg6
O Fritz decreta 34 exf7+! Dxf7 35 Txe8+ Dxe8 36 Bxg6 Dd7 37 Bxg7 Dxg7 38 Dxd5+ Rh8 39 h5! Cxa3 40 Dc5! Cc4 41 Dxb5 Da1+ 42 Rg2 Dd4 43 Df5 Dg7 44 h6!! Dxh6 45 Df6+ Dg7 – 45…Rg8? 46 Bf7+! – 46 Dh4+ ganhando, +4.16.

34...fxg6 35 Dxg6 Te7 36 h5 Rf8
Ou 36...Rh8 37 Dh6+ Rg8 38 Dg5 Cd2 39 Dg2! Rh8 40 Bxe7 Dxe7 41 Dxd5+-.

37 Bxe7+ Dxe7 38 h6 Bf6 39 Rh1, 1-0.
A súmula não diz se Karpov perdeu pelo tempo ou abandonou. A verdade é que Teimur desperdiçou o arremate 39 h7! Bg7 40 Dh6!!+-.


Soluções
657 A (F. Bondarenko & A. Kuznetsov, 64, 1979 – 1/2º pr.) 1 Bb5 h3 2 Bf1 h2 3 Bg2 Rg5 4 Rb6! Rh4! 5 Bh1!! (5 Rxb6? h1=D! 6 Bxh1 Rh3 7 c4 Rh2 8 c5 Rxh1 9 c6 h4 10 c7 h3 11 c8=D h2=) 5...Rh3! 6 c3!! h4 7 Rb5! b6 8 Rc4! b5+ 9 Rd3! b4 10 Re2! bxc3 11 Rf1! c2 12 Bg2#.
B (S. Loyd, New York Saturday Courier, 1856)
1 Bh1! (zug) 1…d3 2 Rg2!! Re4 3 Rg3#.

 
 

HOME :: PERFIL :: ATUALIDADES :: COLUNAS :: TEORIA :: COMPUTAÇÃO :: XADREZ JUVENIL :: XADREZ FEMININO :: LINKS :: CONTATO