: : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :   CRÔNICAS    : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :
de
Hélder Câmara


   27/11/2004                 

Garry Kasparov lidera o 57º Campeonato da Rússia
Um forte ritmo de jogo vem caracterizando sua atuação


 

  




Tseshkovsky x Kasparov, 7ª rodada.


 
   Numa atuação corresponde ao seu favoritismo, o nº 1 do ranking mundial Garry Kasparov vem imprimindo uma avassaladora atuação no mais forte torneio nacional do mundo, o 57º Campeonato da Rússia, que se realiza entre 14 e 27 deste mês, em Moscou.

      Após 8 rodadas, a tabela exarava: 1) G. Kasparov, com 5.5 pontos em 7 possíveis; 2/3) A. Grischuk 4.5/7 e A. Dreev 4.5/8; 4) E. Bareev 4/8; 5/8) A. Timofeev, A. Korotylev, A. Motylev e P. Svidler 3.5/7; 9) V. Epishin 3/7; 10) A. Morozevich 2.5/7 e 11) V. Tsehkovsky 2/8.

      Dessa festa ainda em curso, selecionamos a partida a seguir, duelo entre o primeiro e o último colocados, cujo desfecho podia ter sido diferente do que foi registrado.

      V. Tseshkovsky (2577) x (2813) G. Kasparov (7ª r. Camp. Rússia, Moscou, 22.11.04 – Siciliana, B 85)

      1 e4 c5 2 Cf3 d6 3 d4 cxd4 4 Cxd4 Cf6 5 Cc3 a6 6 Be2 e6 7 0-0 Be7 8 a4 Cc6 9 Be3 0-0 10 f4 Dc7 11 Rh1 Te8

      Antes, a teoria recomendava 11...Td8! como a resposta mais lógica e conseqüente para as pretas; no caso de um ataque de peões brancos na ala do rei, a torre em d8 estaria preparada para o contrajogo, consistindo em avançar os seus peões centrais).

      12 Bg1 Bd7 13 Cb3 b6 14 Bf3 Tab8 15 De2 Cb4!?

      O mais comum aqui é 15...Bc8 16 Dc4 Db7 17 e5 d5 18 De2 Cd7, com equilíbrio.

      16 e5!

      Ou então, 16 Tad1 e5! 17 f5 d5! 18 g4 d4 19 g5 dxc3 20 gxf6 Bf6 21 bxc3 Ca2! 22 Td3 Tec8 23 Dd2 Bxa4 24 Ta1 Cxc3! e as pretas venceram, 0-1 in 58. Karjakin x Vorobiov, Ucrânia 2001.

      16...Cfd7 17 Cxd5 Cxd5 18 Be4 b5?

     Segundo o próprio Kasparov, este lance “é um terrível engano, era forçado 18...g6; agora, depois de 19 Cd4, a posição das pretas é quase desesperada”.

     19 Cd4! g6 20 f5?!

     “Brilhante e fraco; era melhor, primeiro, ativar a torre de a1 com 20 axb5”, comentou Kasparov.

      20...exf5!? 21 Bxd5 dxe5 22 Cxf5!?

      “Eu tinha certeza de que Vitaly, jogador de ataque, contra-sacrificaria em f5; após 22 Cf3, as pretas estariam muito bem”, analisou Kasparov.

      22...Bxf5 23 Txf5! gxf5 24 Dh5 Bf8 25 Dxf5 Bg7

      “Eu calculei até aqui e concluí que as pretas podiam se manter”, aduziu Kasparov.

      26 Ta3?

      Outra vez, era melhor 26 axb5! Txb5 27 c4 Txd5 28 cxd5 Dd6, com igualdade. Kasparov: “Esse lance é um erro que eu respondi com outro erro, quando devia jogar 26... Tbd8! 27 Be4 Td1! 28 Dxh7+ Rf8 29 Tg3 f6!, ameaçando 30...Da7!”.

      26...e4?! 27 Th3!

      No caso de 27 Bxe4 Te6! 28 Dxh7+ Rf8 29 Tg3 Dxg3!! 30 Bc5+ Dd6, com superioridade.

      27...h6?  (diagrama)

 

      28 Tg3?

      Kasparov confessou: “Eu vi 28 Dg6!! antes de jogar 27...h6, mas eu não acreditava que o meu adversário, após 3 horas de um jogo muito tenso, visse essa continuação”. Traduzindo para o capivarês, ele revelou não acreditar que um coroa cansado (Vitaly tem 60 anos) e com apenas 2577 pontos encontrasse o caminho da vitória. Ou seja, blefe puro! E concluiu: “Depois de 28 Dg6!!, ameaçando 29 Tg3, eu seria forçado a jogar 28...e3 29 Tg3 De5 30 Bxf7+ Rh8 31 Txe3 Dxe3 32 Bxe3 Txe3 e a partida estaria provavelmente ganha para as brancas”.

      28...De5!

      E o Fritz-8 registra uma vantagem para as pretas de -/+0.72.

      29 Bxf7+ Rh8 30 Dg6 Tf8

      Era melhor 30...Te7, reforçando a defesa de g7.

      31 axb5 axb5 32 Bd5!

      Se a torre preta estivesse em e7, essa manobra seria inexeqüível.

      32...Tf1 33 c3 Tbf8 34 h3

      O aparentemente ganhador 34 Bxe4 perderia no ato: 34...Txg1+ 35 Rxg1 Dc5+! etc..

      34...Df6

      Para este lance, o Fritz registra -+1.03 de vantagem, mas para 34...Te1!! ele anota -+2.16. Depois de 35 Rh2 Tff1 36 Dxg7+ Dxg7 37 Txg7 Rxg7, as pretas com três qualidades a mais venceriam facilmente.

      35 Bxe4 Dxg6 36 Txg6 Te8! 37 Bd3?

      Era forçado 37 Tg4 para continuar resistindo.

      37...Td1 38 Td6 Bf8! 39 Bg6 Bxd6, 0-1.

      Os últimos lances de Vitaly revelam seu desesperado apuro de tempo (zeitnot). E Kasparov reconheceu: “Eu tive muita sorte!”.



Estudos e problemas

760   A (L. Vlk, Casopis Ces. Sachistu, 1917) 1 Rb8 Tc6 2 Tf6 c4! 3 Th6+!!
             Rg2 4 Txc6 dxc6 5 g6+-.

         B (P. Orlimont, Deutsche Schachblätter, 1911) 1 Txh3+! Rd4 2 exd8=C!!
            Rd5 3 Td3#.
       
 

HOME :: PERFIL :: ATUALIDADES :: COLUNAS :: TEORIA :: COMPUTAÇÃO :: ARQUIVO :: XADREZ FEMININO :: LINKS :: CONTATO