: : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :   CRÔNICAS    : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :
de
Hélder Câmara


   25/12/2004                 

Nakamura e Krajakin no Duelo dos Jovens Prodígios
Em Cuernavaca, espetáculo de força e juventude


 


Nakamura x Karjakin, Cuernavaca/2004
 

    A Universidade Autônoma do Estado de Morelos, no México, promoveu entre 9 e 14 deste mês o encontro entre os dois jovens astros em maior evidência atualmente no tabuleiro internacional, GMs Hikaru Nakamura (09.12.1987, EUA), atual campeão norte-americano, e Sergey Karjakin (12.01.1990, Ucrânia), o mais jovem GM de todos os tempos, aos 12 anos de idade, e medalha de ouro do 4º tabuleiro (6.5 em 7) na recente Olimpíada de Calviá, na Espanha.


     Match pactuado em 6 partidas ao ritmo tradicional, esse duelo efetivado na Reitoria da UAEM registrou a vitória de Nakamura por 4.5 a 1.5, resultado que reforça a crença de muitos seja ele, um dia, o primeiro campeão mundial de origem asiática.

     H. Nakamura (2620) x (2576) S. Karjakin (1/m. Cuernavaca, 09.12.2004 – Escocesa, C 45).

    
1 e4 e5 2 Cf3 Cc6 3 d4

     A teoria garante que essa pressa em dominar o centro favorece a perigosa e esterilizadora troca de peças, ensejando um rápido equilíbrio de ações e subtraindo assim a natural iniciativa das brancas.

     3...exd4 4 Cxd4 Cf6 5 Cc3 Bb4 6 Cxc6 bxc6 7 Bd3 d5 8 exd5

     Toda essa seqüência se ampara em exemplos seculares e é uma temeridade querer mudá-la: 8 e5? Cg4 9 0-0 De7 10 Bf4 g5! 11 Bg3 h5 12 Te1?! h4! 13 e6 hxg3 14 Dxg4 gxf2+ 15 Rxf2 Bc5+! 16 Rf3 fxe6 17 Bf5 Df6 18 Txe6+ Bxe6 19 Te1 Tf8!, 0-1. Pandurevic x Pap, Croácia 2004.

     8...0-0 9 0-0

     Se 9 dxc6?! Te8+ 10 Be3 Cg4 11 Df3 Dh4, com jogo preferível.

      9...cxd5 10 Bg5 c6 11 Ca4 h6 12 Bh4 Te8 13 c4!

      O preço do domínio central das pretas será seu peão-d isolado.

      13...Bd6 14 Tc1 Tb8

      Há pouco seguiu 14...Bf4 15 Tc2 Dd6 16 Bg3 Bxg3 17 hxg3 Bg4 18 Dc1 d4 19 Df4 Dxf4 e a partida logo se esvaziou, ½-½ in 32. Pedersen x Hebden, Ol. Calviá 2004.

      15 b3 Be6 16 cxd5 Bxd5 17 Bc4! Bf4 18 Tc3 Be5 19 Tc2 Dd6 20 Bxf6! Bxf6 21 Bxd5 cxd5 Depois de uma vintena de lances em que foram suprimidos os imaginativos planos do meio-jogo, eis-nos   agora diante da aridez técnica de um final. A fraqueza do isolado peão-d seria maior sem as damas no tabuleiro.

     22 Cc5 Be5 23 g3 Tbc8 24 Cd3 Bc3 25 Cf4 d4

     Sergey conseguiu bloquear a posição, mas isso vai lhe custar a inutilidade do bispo de c3, que aponta para lugar nenhum.

     26 Dd3! Ba5? 27 Tc4!!  --  diagrama 1

     A tentativa de reanimar o bispo resultou mais ruinosa ainda, posto que agora as brancas dominam a coluna-c ou, em caso de troca, disporão de uma esplêndida plataforma em d5 para o seu cavalo.

     27...Txc4 28 bxc4! De5?

     Esse lance permite o domínio da coluna-b, mas ninguém carrega um Fritz-8 na cabeça para jogar 28...Be1! 29 Ce2 Bb4!, dificultando sobremodo o trabalho das brancas.

     29 Tb1! Bc3

     E eis o bispo de volta à sua inutilidade anterior

     30 Tb7 Te7 31 Tb5!

     Escusado dizer que agora, para ganhar, as brancas não podem trocar nada, nem informação.

     31...Dd6 32 Cd5 Te6 33 Tb7!

     E não, o açodamento de 33 Cxc3 dxc3 34 Dxc3 Dd1+ 35 Rg2 Te1, com promissor contrajogo, -0.25 F-8; mesmo sem essa variante, as brancas dificilmente apurariam a vantagem de seu peão-c bloqueado por peças pesadas dama e torre.

     33...Te8

     Se 33...a6 34 Df3 Df8 35 c5!, com vantagem decisiva, +-1.74 F-8.

      34 Df3! Tf8 35 Txa7 Bb4 36 Df5 Bc5 37 Tc7!!  -- diagrama 2
 

     Um lance demolidor, ameaçando 38 Txc5! Dxc5 39 Cf6+, ganhando; se 37...Rh8 38 Txf7 Txf7 39 Dxf7 Da6 40 De8+ Rh7 41 De2+- 2.87.

     37...Ba3

     Se 37...Bb6 38 Tc6+-.

     38 c5! Bxc5

     No caso de 38...Dd8 39 Tc8! e se 38...Da6 39 Ce7+ Rh8 40 Tc6!! e agora, a) 40...Da7? ou 40...Da8? 41 Txh6+! gxh6 42 Df6+ Rh7 43 Cf5; b) 40...De2 41 Cg6+ fxg6 42 Dxf8+ Rh7 43 h4!! De1+ 44 Rh2, ameaçando 45 Tc8 +-14.18 F-8.

     39 Txc5! g6 40 Cf6+ Rg7 41 Ce4!, 1-0.  

 



Estudos e problemas

763   A   (V. Kondratev, Shakhmatnaya poezia, 1993) 1 Re6! e1=D+ 2 Be5+
              Rg8 3 Tg7+ Rf8 4 Tb7!! Rg8 5 Tb8+ Rh7 6 Rf5!+-.

         B   (F. Martindale, Das Indische Problem, 1903) 1 Bf8! Rxc4 2 Td6!! Rb4
              3 Td4#; 1...Rxe4 2 Bg7!! Rd4 3 Tf4#.
 

HOME :: PERFIL :: ATUALIDADES :: COLUNAS :: TEORIA :: COMPUTAÇÃO :: ARQUIVO :: XADREZ FEMININO :: LINKS :: CONTATO