: : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :   CRÔNICAS    : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :
de
Hélder Câmara


   22/05/2005                 

Ivanchuk vence Memorial Capablanca

 





 


WCC José Raul Capablanca

     O GM-A ucraniano Vassily Ivanchuk venceu com enorme facilidade o 40º Torneio Memorial Capablanca (Grupo Elite, rate-médio 2618 – cat. 15), realizado no Hotel Neptuno-Tritón, em Havana, Cuba, entre 5 e 19 deste mês.

    Na penúltima rodada, ele, invicto, liderava a prova com 2.5 pontos sobre o segundo colocado, com 7 vitórias e 4 empates.

 
     A tabela (faltando uma rodada) registrava: 1) V. Ivanchuk, com 9 pontos em 11 possíveis; 2) L. Bruzón, 6.5; 3) N. Delgado, 6; 4/5) L. Dominguez e J. Nogueiras, 5; 6) B. Jobava, 4.5; 7) W. Arencibia, 3.


                         
              
                          
 GM Baadur Jobava                                     GM-A Vassily Ivanchuk

      B. Jobava (2637) x (2739) V. Ivanchuk (9ª rod. Mem. Capablanca, Havana, 14.05.2005 – India da Dama, E 12)

     1 d4 Cf6 2 c4 e6 3 Cf3 b6 4 Bg5

     Essa reação à idéia das pretas de dominar o centro (e4) com Bb7 e Cf6 é muito fraca,segundo Tartakower. Sua história se origina no desastroso encontro Tarrasch x Bogoljubov, Gotemburgo 1920, tendo seguido 4...Bb7 5 e3 h6 6 Bh4 Bb4+ 7 Cbd2?? g5! 8 Bg3 g4! 9 a3 gxf3 10 axb4 fxg2-+, mas as pretas ainda conseguiram perder em 28 lances.

     4...h6 5 Bh4 Be7 6 Cc3 c5!?

     É possível que Baadur esperasse o padronizado 6...d5, transportando para a Variante Tartakower da Defesa Ortodoxa: 7 cxd5 Cxd5 8 Bxe7 Dxe7 9 Cxd5 exd5 10 Tc1 0-0 11 Dc2 Ba6 12 e3 Bxf1 13 Rxf1 Tc8, com igualdade, não obstante 1-0 in 29. Antoshin x Lein, Sochi 1967.

     7 e4

     No caso de 7 d5, o Fritz 8.0 recomenda 7...Cxd5 8 Cxd5 Bxh4 9 Cxh4 Bb7! 10 Cf5 exf5 11 Dd3 Bxd5 12 Dxd5 Cc6 13 Dxf5 Dg5, com igualdade, =0.22.

     7...cxd4 8 Cxd4 d6 9 Cdb5?! 

     Aqui, Baadur, com peças por desenvolver, comete a imprudência da especulação, quando o indicado seria 9 Bd3 Bb7 10 0-0 0-0, com equilíbrio.

     9...a6! 10 Bxf6 Bxf6!!  (diag. 1)




      Isso não é um lance, é um insultocomo a querer demonstrar a ridícula inconsistência do ataque adversário. Depois de 10...gxf5 11 Cd4 Dc7 12 f4 Cc6, a partida cairia na normalidade esterilizadora. Com o insulto do texto, Vassily exige respeito para com a diferença entre eles de mais de 100 pontos-ELO.

     11 Cxd6+ Re7!

Para os jogadores de ataque, o roque é muito mais para colocar uma torre em jogo do que para proteger o rei, como é o caso desse “roque vertical”.

     12 Cxc8+ Dxc8 13 Ca4? 

     Outro delírio: enquanto o Fritz oferece 13 Df3, 13 Db3 ou 13 Dc2, Baadur, pela segunda vez, move na abertura uma peça desenvolvida.

     13...Td8 14 Db3 Cd7 15 Da3+

     Não servia 15 Cxb6 Cxb6 16 Dxb6 Tb8 17 Da5 Bxb2 18 Td1 Txd1+ 19 Rxd1 Dc6, com vantagem -0.84 F8.

     15...Cc5! 16 Be2

     Seria mau 16 Cxb6 Dc6 17 Ca4!? Dxa4 18 Dxc5+ Re8 19 Be2 Bxb2 20 0-0 Bxa1 21 Tac8 -+0.72; ou então, 16 Cxb6 Dc6 17 Cxa8? Bxb2!! 18 Dxb2? Dxe4+ 19 De2 Cd3+ 20 Rd2 Cf4+, ganhando.

     16...Dc6! 17 Cxc5 Dxc5! 18 b4

     Somente agora, Baadur deve ter compreendido que está com um peão a mais e uma posição a menos. Depois de 18 Dxc5+ bxc5 19 Tb1 Tab8 20 b3 Bc3+! 21 Rf1 Td2 22 a4 Ta2 23 h4 Txa4 24 Th3 Bd4, as pretas estariam muito superiores -+1.37 F8. E se 18 Db3 Da5+! Ou 18...Dd4!-+.

     18...Dg5!  (diag. 2)

     
  
 Na exata medida para impedir o roque e vulnerabilizar ainda mais o rei branco.

     19 Td1 Dxg2 20 b5+ Re8 21 Txd8+ Txd8 22 Bf3  

     É claro que se 22 Df3? Bc3+! e se 22 Tf1 Dxe4-+.

     22...Dg5! 23 bxa6 Dd2+ 24 Rf1 Bd4  

     Essa posição evidencia ainda mais a diferença entre os bispos em jogo, e as torres, também.

     25 Be2 Bc5!

     Liberando a passagem da torre para o assalto final.

     26 Dg3

     É forçado conservar a dama na terceira fileira para defender f2: 26 Da4+? Rf8 27 a7 Dd4! e mate em 5 lances.

     26...Dxa2 27 Dxg7 Td1+!  (diag. 3)


                                                
      

      Explorando a orfandade do ponto f2 e liquidando o cotejo.

     28 Rg2 Txh1 29 Dh8+

     O Fritz registra 29 Rxh1 Dxe2 30 a7 Dxe4+ 31 Dg2 Db1+ 32 Dg1 Da2 33 Dg8+ Bf8, ganhando.

     29...Rd7! 30 a7 Dxe2, 0-1.






Hotel Neptuno-Tritón


                                                          Estudos e problemas
 

780   A   (Y. Makletzov, 64/URSS 1984 – 2º pr.) 1 b8=D Td8+ 2 Dxd8 Cf7+ 3
                Rg8 Cxd8 4 e6+ Rd6 5 Td5+ Re7 6 Td7+ Re8 7 Cd5 Txe6 8 Te7+!!
                Txe7 9 Cf6#.


         B   (G. Zahodjakin, Schahmaty in URSS 1964) 1 Dg3! Rf6 2 Bxd5 Rf5 3
                Dg5#; 1…Rd6 2 Dc3!! Te5+ 3 fxe5#; 2…Tc5 3 Df6#; 2…Td4 3 Dc7#.

 

HOME :: PERFIL :: ATUALIDADES :: COLUNAS :: TEORIA :: COMPUTAÇÃO :: ARQUIVO :: XADREZ FEMININO :: LINKS :: CONTATO