: : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :   CRÔNICAS    : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :
 

    Em terra de sapos ...
 

...de cócoras com eles — eis aí um axioma incompatível com a prudente estratégia enxadrística
 

 

A - Br. jogam e ganham



B - Mate em 3 lances

 

O match Homem x Máquina que termina hoje em Manama, Bahrain, defrontando Vladimir Kramnik e o soft Deep Fritz 7 passou por uma tremenda reviravolta, quando o campeão mundial devolveu de forma dramática a vantagem de duas partidas. O escore desse match em 8 partidas está empatado em 3.5 a 3.5 pontos.

     Na sexta partida, Kramnik ousou desafiar a máquina no seu habitat natural, ou seja, no terreno tático. E em não sendo do ramo, estrepou-se todo - até na hora do seu indevido abandono.

V. Kramnik (2807) x (2741) Deep Fritz-7 (6ª Men vs Machine, Bahrain, 15.10.02 - I. Dama, E 15)

1 d4 Cf6 2 c4 e6 3 Cf3 b6 4 g3 Ba6 5 b3 Bb4+ 6 Bd2 Be7 7 Bg2 c6 8 Bc3 d5 9 Ce5
Antes, Vlado jogava 9 Cbd2, mas sem resultados animadores; com o lance do texto, ele foge à preparação do Doktor Fritz, além de reconhecer essa consagração da teoria. Vejam: 9 Cbd2 Cbd7 10 Dc2 0-0 11 e4 Bb7 12 0-0 Tc8 13 Te1 a5 14 a3 h6 15 Bb2 Dc7 16 Tad1 Tfd8 17 Db1 Db8 18 e5, ½-½. Kramnik-Adams, Dortmund 2001.

9...Cfd7 10 Cxd7 Cxd7 11 Cd2 0-0 12 0-0 Tc8 13 a4!?
O mais comum, 13 e4, já fora jogado contra o DF: 13 e4 b5 14 Te1 dxe4 15 Bxe4 c5 16 cxb5 Bxb5 17 d5 Bf6 com paridade, embora 0-1 in 84. Century x Fritz-6, Cadaqués 2000.

13…Bf6 14 e4 c5 15 exd5 cxd4 16 Bb4 Te8
O que se conhecia era 16...Be7 17 Bxe7 Dxe7 18 dxe6 fxe6 19 Dc2 Tce8! 20 Tae1 e5! 21 Bc6 Bc8 22 h4 Rh8 23 Ce4 Td8 24 Cg5 Cf6 25 Bg2 h6 26 Ce4 Bf5 e o jogo das pretas é preferível, 0-1 in 41. Morrison-Miles, zt Amsterdã 1978.

17 Ce4 - diagrama
Vlado pensou 42 minutos para fazer esse lance que implicará num sacrifício mirabolante, equivalente a um temerário mergulho no pântano onde o aguarda um jacaré que ali tem seus recursos multiplicados.

17...exd5 18 Cd6 dxc4 19 Cxf7!?
O Gambit Tiger 2.0 sugere 19 Bd5! Cc5!? 20 Bxf7+ Rf8 21 Bxe8 Dxd6 22 Bb5 Bxb5 23 axb5 c3 24 Dh5 Rg8 25 Txa7 com superioridade, +-1.06. Kramnik, porém, como confessou nas análises post-mortem, “queria jogar a partida da minha carreira”. Embora sua intenção fosse louvável e a ocasião sedutora, ele escolheu o adversário menos indicado para isso...

19...Rxf7 20 Bd5+ Rg6 21 Dg4+ Bg5 22 Be4+
Se 22 f4 h5 23 Bf7+ Rxf7 24 fxg5+ Rg8 25 Dxh5 Ce5 26 g6 Cxg6 27 Dxg6 Dd7, conjurando o perigo.

 22...Txe4 23 Dxe4+ Rh6!
Recusando o empate que adviria de 23...Rf7 24 Dd5+ Rg6 25 De4+.

24 h4 Bf6 25 Bd2+ g5 26 hxg5+ Bxg5 27 Dh4+
Segundo Kramnik, após 27 De6+ Cf6 28 Dh3+ Rg6 29 f4 Bh6 30 f5+ Rf7! as pretas estariam bem; por exemplo, 31 Bxh6 c3 32 Tf2 d3 33 Td1 Dd5 34 Bg5 Dxb3 35 Tdf1 d2 36 Dh6 d1=D -+1.87; ou então, 27 De6+ Cf6 28 f4 Bh4!! 29 Dh3 c3! 30 Dxh4+ Ch5! 31 Dxd8 Txd8-+; ou ainda, 27 De6+ Cf6 28 f4 Bh4 29 bxc4 Bxc4 30 Dh3 Bxf1 31 Dxh4+ Rg7 32 Txf1 Dd7 -+1.53.

27...Rg6 28 De4+ Rg7 29 Bxg5 Dxg5 30 Te1 cxb3 31 Dxd4+ Cf6 32 a5
Vlado ficou sem tempo (zeitnot) e sem perspectivas. No caso de 32 Te7+? Rg6! 33 Tae1 Tc1! 34 Db1 Txe1+ 35 Txe1 Dd5, ganhando.

32...Dd5!
Agora, sim, uma troca de dama forçada e vantajosa, ao contrário do que ocorrera nas quatro primeiras partidas desse match.

33 Dxd5 Cxd5 34 axb6 axb6, 0-1.
Vlado abandonou, embora em posição empatada, segundo areópago de analistas presentes em Bahrain: 35 Txa6! b2 36 Ta7+! Rg6 37 Td7 Tc1 (se 37…Cc3 38 Td2 b1=D 39 Txb1 Cxb1 40 Tb2 e as pretas estariam longe de vencer) 38 Td6+! Cf6 39 Tdd1 b1=D 40 Txc1. Os softs dão vitória para as pretas. Mas como progredir? Depois de 40...Db4 (40...Df5? 41 Tc6!=) 41 Tb1 Dc5 42 Tec1 Dd6 43 Td1 Dc6 44 Tdc1 Db7 e agora então, 45 Tb5! Rf7! (se 45...Cd7? 46 Td1 Tf7 47 Txd7!! Dxd7 48 Txb6=) 46 Tcb1 Cd7 47 Td1 Re7 48 Te1+ Rd6 49 Td1+ Rc6 50 Tdb1 Da6 51 T5b4 De2 52 T1b2 Dd3 53 Rg2 Dd5+ 54 Rg1 b5 55 Txb5 Dxb5 56 Txb5 Rxb5 57 Rg2 Rc4 58 Rf3 Rd5 59 Rg4 Re6 60 Rg5 Rf7 61 Rh6 Rg8 62 g4 Ce5 63 Rg5 Rg7 64 f4=.


Soluções
660 A (G. Zahodjakin, Shajmaty Listok 1931 - 3º pr.) 1 Ce2! Dxe2 (1…g1=D+ 2 Bxg1 dxe2 3 Tb6!+-) 2 Be5+ Rb1 3 Tb6+ Rc1 4 Bf4+ Rd1 5 Td6+ Re1 6 Bg3+ Rf1 7 Tf6+ Rg1 8 Bf2+ Rf1 9 Bc5+!! Re1 10 Bb4+ Rd1 11 Td6+ Rc1 12 Ba3+ Rb1 13 Tb6+ Ra1 14 Be7! (14 Bc5? c1=D 15 Bd4+ Db2! 16 Txb2 g1=D!-+) 14…c1=D 15 Bf6+ Db2 16 Txb2 g1=D+ 17 Tb6+ Dd4 18 Bxd4#.
B (J. Jespersen, 777 Chess Miniatures, 1908) 1 Ch5! Rxh5 2 De4! g4 3 Dh7#; 1...g4 2 De4!; 1...Rg4 2 Cf2+ Rf5 3 De4#.

 
 

HOME :: PERFIL :: ATUALIDADES :: COLUNAS :: TEORIA :: COMPUTAÇÃO :: XADREZ JUVENIL :: XADREZ FEMININO :: LINKS :: CONTATO