: : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :   CRÔNICAS    : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :
de
Hélder Câmara


   17/07/2004                 

Rustam Kasimdzhanov é o novo campeão mundial
Muita determinação e sorte laurearam o GM uzbeque

 


 

        O imperador Caio César Augustus Germânico (Calígula, 37-41 d.C.), desgostoso com os políticos de sua época, nomeou para o senado romano de então o seu cavalo favorito, Incitatus. O atual presidente da Fide, Kirsan Iliuzhinov, depois de tantas demandas (Kasparov, ACP etc) e múltiplos modelos de campeonatos mundiais, conseguiu colocar no trono máximo do xadrez magistral a figura simpática do bisonho GM uzbeque Rustam Kasimdzhanov. Só ficou faltando a frase arrematadora: “Agora vocês vão ter de engoli-lo”.

        Em entrevista concedida aos jornais de Trípoli, na Líbia, onde sucedeu esse disparate, Rustam confessou ter nascido em 12.05.1979 no Uzbequistão, é casado, tem um filho de 2 anos chamado Azar (assim mesmo, Azar), mora atualmente na Alemanha, é o 54º na última lista de rating da Fide (julho/2004), com 2640 pontos-ELO, e nem sequer se preparou para jogar esse mundial.


         Para se ter uma idéia da sorte descomunal desse rapaz, na última partida em tempo normal do match final contra Adams, chegou-se à seguinte posição: Brancas (Kasim) Rg3, Dg8, Ba2, a3, b4, f2, g5 e h3; Pretas (Adams) Re7, Dc6, Bd4, b5, e6, g6 e h7.

       Aqui, Adams, que vinha buscando o empate, jogou coerentemente 42...Bxf2+ 43 Rxf2 Dc2+ 44 Re3 e acordou-se o empate. No entanto, o atual campeão mundial seria outro, se Adams, cumprindo com a obrigação que os seus 2731 pontos-ELO lhe exigiam, tivesse jogado 42...De4! 43 Dxh7+ Rf8! 44 Dh6+ Bg7 45 Dh4 Be5+ 46 f4 De1+ 47 Rg4 De2+ 48 Rg3 Bc3!, ganhando. Uma seqüência forçada e fácil de ver.

      Nas duas últimas partidas rápidas do playoff (25m + 10s por lance), Rustam ganhou a primeira (estava inteiramente perdido, para variar) e empatou a segunda.

      Adams x Kasimdzhanov (Final 7.7 WCC Fide, Líbia, 13.07.2004 – Siciliana, B 51) 1 e4 c5 2 Cf3 Cc6 3 Bb5 (Ataque Canal-Sokolsky, cuja idéia consiste em acelerar o desenvolvimento da ala do rei, habilitando assim uma rápida participação de suas peças pesadas e o conseqüente domínio central. As pretas devem atuar com precisão, sob pena de comprometer irremediavelmente sua posição).

      3... d6 4 0-0 Bd7 5 Te1 Cf6 6 c3 (Na 3ª rodada desse mesmo torneio, Adams preferiu 6 h3 a6 7 Bf1 g5 8 d4 g4 9 d5 gxf3 10 dxc6 Bxc6 11 Dxf3 e6 12 Cc3 Be7 13 Bf4 Tg8 14 Tad1 Tg6 15 a3 Dc7 16 b4 cxb4 17 axb4 b5 18 g3 0-0-0 19 Ta1 Db7 20 Bg2 Td7 21 Ted1 Db6 22 Be3 Db7 23 Bd4 Bd8 24 Ta3 Ce8 25 Tda1 Cc7 26 Dh5 Tg5 27 Dxh7 f5 28 Dh8 fxe4 29 h4 Tf5 30 Bh3 Tff7 31 Ce2 e3 32 Bxe3 e5 33 Bg5, 1-0. Adams x Hamdouchi, 3.1 WCC Fide, Trípoli, 2004).

      6... a6 7 Ba4 b5 8 Bc2 Tc8 (Pela pata se conhece o leão; pelo lance, o capivara: esse 8...Tc8 não tem nada, absolutamente nada a ver com a posição, porquanto não oferece nenhum obstáculo à pretensão das brancas em dominar o centro. Aqui, em quase todas as partidas pesquisadas, as respostas foram 8...Bg4 ou 8...e5, ou seja, lances coerentes com o planejamento estratégico da partida. Por exemplo: 8...Bg4 9 d3 Bxf3 10 Dxf3 g6 11 a4 Tb8 12 axb5 axb5 13 Ca3 Cd7 14 Bb3 Cde5 15 De2 Bg7 16 f4 Cd7 17 Bd5 Dc7 com equilíbrio, ½-½ in 52. Akopian x Radjabov, Moscou 2002).

      9 a4 g6 10 axb5 axb5 11 d4 cxd4 12 cxd4 Bg4 13 Cc3 b4?! 14 Ce2 Bg7 15 d5! Bxf3 16 gxf3 Ce5 17 Ba4+! Cfd7 18 Cd4 0-0 19 f4 Cc4 20 Cc6! Txc6 21 dxc6 Cc5 22 De2 Cb6 23 Bb5 Cb3 24 Ta6? (diagrama)

      (Aqui começa o festival de equívocos: impunha-se 24 Ta7! ou mesmo a recomendação de Kasparov, que assistia on-line essa partida, 24 Be3! Cxa1 25 Txa1, “com um jogo muito melhor”, disse ele).

        24...Cd4 25 Dd3 Ca8 26 Ta4 Cc7 27 Txb4 Db8 28 Txd4? (Kasparov propôs o ganhador 28 Be3! Cdxb5 29 Ta1! (zug) d5 30 exd5 Td8 31 Ta5! Dc8 (31...Txd5? 32 Dxd5! Cxd5 33 Tbxb5 Dd6 34 Txd5 Dxc6? 35 Td8+ Bf8 36 Taa8+-) 32 Taxb5 Cxb5 33 Txb5 com vantagem decisiva).

        28...Bxd4 29 Dxd4 (Até neste momento, Kasparov preferia o jogo de Adams, com 29 Bc4! mantendo sua superioridade posicional).

       29...Dxb5 30 f5 Tc8 31 Bh6 Ce8 32 e5 (E esta posição, segundo o Fritz-8,  não oferece qualquer chance de vitória para qualquer um dos dois opinião que Adams se encarregará de desmoralizar...)

       32...Txc6 33 exd6 Txd6 34 De5 Dxe5 35 Txe5 Td7 36 Tc5 f6 37 fxg6 hxg6 38 Be3 Tb7 39 Bd4 Rf7 40 Rg2 Cd6 (Mesmo que as pretas consigam tomar o peão-b com o seu cavalo, as brancas, trocando seu bispo, entrariam num final de torre com um peão a menos, mas empatado).

      41 Bc3 e5 42 Ta5 Cc4 43 Ta1 Tb6 44 b4? (Assim, perde-se a simbiose em que o peão defende o bispo e o bispo defende o peão).

      44...Cd6 45 Tb1 Re6 46 Bd2 f5 47 Be3 Tb7 48 Bc5 Ce4 49 Td1! Tc7 50 Bb6 Tc6 51 Ba7 Ta6 52 Be3 f4 53 Bc1 Ta4 54 Te1 Rf5! (Adams pretendia o golpe 54…Txb4? 55 Bxf4! exf4 56 f3!=. Assim, ele vai tentar de outra maneira).

      55 Bb2 Txb4 (diagrama)                                    

      56 Bxe5?? f3+!! (E não 56...Rxe5? 57 f3! empatando).

      57 Rxf3 Rxe5 58 Rg4 Rf6 59 f4 Cf2+ 60 Rg3 Cd3, 0-1.

      Sobre o seu próximo match contra Garry Kasparov pela reunificação dos títulos mundiais, Kasim declarou: “Tomarei um cafezinho com meus amigos e discutiremos a estratégia a ser empregada. Meus resultados com o Boss até agora tem sido desastrosos”.

      Ele devia conhecer a história do condenado à morte na cadeira-elétrica, cujo último pedido era para que faltasse energia no presídio na hora de sua execução...

 



Estudos e problemas

745   A (L. Kubbel, Shajmatny Listok, 1927) 1 Df3+! Re5 (1…Rg5 2 Dg2+!! Rf4/
            Rf5 3 e4/e4++-) 2 De3+! Rf5 3 Df2+! Re5 4 Dh2+!! Rd5 5 e4++-.

        B (V. Miltner, Zemedelske Noviny, 1984) 1 Dg7! b5 2 Ca1+ Rxa4 3 Da7#;
            1...Rxc2 2 Ta2+ Rb3 3 Db2#; 1...Rxa4 2 Da1+ Rb3/Rb5 3 Cd4#.

 

HOME :: PERFIL :: ATUALIDADES :: COLUNAS :: TEORIA :: COMPUTAÇÃO :: ARQUIVO :: XADREZ FEMININO :: LINKS :: CONTATO