: : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :   CRÔNICAS    : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :


   16/11/2003                 


Duelo homem x máquina sob holofotes da mídia

Agora mais fortes, softs provocam expectativa

        

O match em 4 partidas homem x máquina (Garry Kasparov x X3D Fritz), que se realiza entre 11 e 19 deste mês, em plena Broadway, New York, EUA, com a ESPN transmitindo mais de 17 horas ao vivo, constitui-se na grande atração do momento.

Desta vez, no lugar de uma aparatosa engrenagem capaz de calcular 200 milhões de lances por segundo (Deep Blue), um simples soft (Deep Fritz) enfrenta o melhor jogador do mundo. A diferença básica entre esses adversários é que o representante da raça humana continua o mesmo, enquanto a máquina é sempre passível de constantes aprimoramentos técnicos.

G. Kasparov (2830) x (2807) X3D Fritz (1ª p. match Men-Machine, NY, 11.11.2003 - Merano, D 45) 1 Cf3 d5 2 c4 c6 3 d4 Cf6 4 Cc3 e6 5 e3!? (o nº 1 do ranking mundial evita o violento confronto tático que adviria da variante antimerano ideada por Botvinnik, 5 Bg5, numa tácita demonstração de temor ante a infalibilidade da máquina de calcular). 5...Cbd7 6 Dc2 Bd6 7 g4!? (o plano teórico das brancas, que 6 Dc2 já insinuara, é provocar uma avalanche de peões na ala do rei e resguardar-se com o grande-roque)

7...Bb4 (em seu banco de dados, o Fritz dispõe de quase 3 milhões de partidas para consultar e esse lance é uma das alternativas mais recentes ditadas pela teoria). 8 Bd2 De7 9 Tg1 Bxc3 10 Bxc3 Ce4 11 0-0-0!? N (o que se conhecia era 11 Bd3 Cxc3 12 Dxc3 dxc4 13 Bxc4 0-0 14 h4 c5! com equilíbrio; por exemplo, 15 g5 cxd4 16 Dxd4 Td8!? 17 0-0-0? b5! 18 Bxb5 Bb7 19 Dd6? Tac8+ 20 Rb1 Be4+! 21 Ra1 Tc1+, 0-1. Moiseenko x Potkin, Istambul 2003). 11…Df6 12 Be2 Cxf2!? (quem, entre os humanos, aceitaria tal “oferta”, sabendo que de graça o Big-Boss não dá nem bom-dia?! Mas é precisamente essa total inconseqüência psicológica, própria do inanimado, que furta a Kasparov seu trunfo maior, ou seja, o urro do leão. E se alguém pudesse dialogar com a máquina enumerando os feitos de seu adversário, ela por certo contestaria: “tou nem aí... tou nem aí!”). 13 Tdf1 Ce4 14 Bb4! (não servia 14 Ce5? Dh4! 15 Cxf7 0-0!! 16 Ce5 Txf1+ 17 Txf1 Cxe5 18 dxe5 Dxh2! com posição vitoriosa).

14...c5! (essa devolução denuncia o progresso desses softs, que antes, sem “compreensão” posicional, visavam apenas o lucro material). 15 cxd5 exd5 16 dxc5 De7 17 Cd4 0-0! (a lógica estabelece que é melhor perder a qualidade do que o rei; e sem colunas abertas, a qualidade a mais será de pouca serventia). 18 Cf5 De5 19 c6 bxc6 20 Bxf8 Rxf8! 21 Cg3 (no caso de 21 Dxc6?! Tb8 22 Dc2 Cdc5 23 Cd4 Bd7! com forte contra-jogo).

21...Cdc5 22 Cxe4 Cxe4 23 Bd3 (outra vez, se 23 Dxc6 Tb8 24 Dc2 Bd7!-/2.56 Fritz-8.0). 23...Be6 24 Bxe4! (pela cartilha da conspícua escola soviética, era inadmissível deixar vivo um cavalo assim, dentro do campo adversário e no centro do tabuleiro, escoiceando até pensamento). 24...dxe4 25 Tf4 Bd5! (cerrando a única coluna aberta do tabuleiro, diluindo assim o valor da qualidade adversária). 26 Dc5+ Rg8 27 Tgf1 Tb8! 28 T1f2 Dc7! (o único plano plausível para as brancas seria continuar o avanço de seus peões g/h, para abrir linhas e assim fazer valer sua vantagem material; claro, que o Boss sabia disso, mas ele se encontrava no zeitnot, apuradíssimo de tempo). 29 Tc2 Dd7 30 h4 Dd8! (e não, 30...Bxa2 31 Dxc6 Dd8 32 Dc7!+-). 31 g5 Bxa2! 32 Txe4?! (era melhor 32 Td2! De8 33 h5! e 34 g6!, concluindo o ataque). 32...Dd3! 33 Td4 Dxe3+ 34 Tcd2 De1+ 35 Td1 (se 35 Rc2?? Bb1+! 36 Rce Dc1+ 37 Tc2 Dxc2#). 35...De3+ 36 T1d2 Dg1+ 37 Td1, ½-½.

Estudos e problemas

713 A (L. Quekkenstedt, L'Italia Scacchística, 1920 2º pr.) 1 b3+! Rxb3! (1...Bxb3? 2 Bd1!+-) 2 c4 Be8 3 Bf3! e4 4 Bh5! Bc6 5 Bf7! Ba8 (5…e3+ 6 Rf1 Rb4 7 Bd5 Ra5 8 a7 Ra6 9 Bxc6 Rxa7 10 f4!+-) 6 Bd5! c6 7 c5+!! cxd5 cxb6+-.B (N.N., sem datação) 1 Tb7! hxg2 2 Th7! g1=D 3 Dxg1#; 1…fxg2 2 Da8!! g1=D+ 3 Tb1#.

 

HOME :: PERFIL :: ATUALIDADES :: COLUNAS :: TEORIA :: COMPUTAÇÃO :: ARQUIVO :: XADREZ FEMININO :: LINKS :: CONTATO