: : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :   CRÔNICAS    : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :
 

  León 2000
 

 

 

 Em León, na Espanha, no início deste mês, realizou-se um quadrangular em dupla volta, reunindo V. Anand, A. Shirov, J. Polgar e M. Illescas, na modalidade de "xadrez do futuro", quando os jogadores podiam consultar em seu computador vários programas enxadrísticos.

       Anand sagrou-se vencedor (2. Judit, 3. Shirov, 4. Illescas), embora nas finais precisasse derrotar Judit Polgar em partidas blitz de 5 minutos. Vejamos, porém, a primeira partida entre ambos, com uma hora para cada um, que serve para consolidar ainda mais a máxima de Siegbert Tarrasch: "Todo final de torre está empatado!".

      V. ANAND (2.769) x (2.658) J. POLGAR (1.1 final, Advanced Chess, León, 03.06.00 -- Siciliana, B 42)

 1 e4 c5 2 Cf3 e6 3 d4 cxd4 4 Cxd4 a6 5 Bd3
 Uma eficiente e popular continuação contra a sólida variante Paulsen, favorita de
Judit. O bispo já se posiciona na mais agressiva diagonal do tabuleiro (b1-h7), sem prejuízo da formação Maroczy (c4) e sem obstruir a passagem de sua dama (d1-h5), quando de uma escalada no flanco-rei.

       5... Db6!?
       Esse lance traduz um irreverente desafio, ao convidar Vishy para trilhar caminhos pouco iluminados pela teoria.

       6 c3 Cc6 7 Cxc6 Dxc6 8 0-0 d6 9 c4!
     
Duas vezes bom: reforça d5 e cede a melhor casa para o seu cavalo.

       9... Cf6 10 De2 N
     
Havia um precedente, que era 10 Cc3 Be7 11 Bg5 b6 12 Bxf6?! gxf6 13 Te1 Bb7 14 Tc1 Tg8 15 b4 Rf8 16 Ce2 f5! 17 Cd4 Dc7 18 Cf3 fxe4 19 Bxe4 Bxe4 20 Txe4 Tc8 com equilíbrio, 1/2-1/2 in 39. Morovic-Panno, Buenos aires 1997.

       10... Be7 11 Cc3 Cd7 12 f4!
      Além de preservar seu par de bispos (...Ce5),
Anand aciona a ala do rei, que é a praia das brancas.

       12... 0-0 13 Be3 b6 14 Tf3!
       Já disseram que Fischer foi "o mais soviético dos jogadores americanos"; o mesmo poderíamos dizer de Anand, que pela economia de seus lances e objetividade de seus planos também faz jus a uma preciosa e lisonjeira identificação assim.

       14... Bb7 15 Th3 Tfe8 16 Tf1!
     
Entenderam agora? Típico da escola soviética, observando o lema que devia orientar todo capivara que se preze: "se eu atacar agora, eu ganho; imagine se eu atacar quando estiver completamente desenvolvido?!".

       16... Tac8 17 Cd5! -
      
Um golpe admirável, trasladando abruptamente para a ala do rei a única peça que não assediava a cidadela adversária; e esse cavalo, intocável -- 17...exd5? 18 exd5 Dc7 19 Bxh7+ Rf8 20 Bf5 g6 21 Bxd7 Dxd7 22 f5 Bg5 23 Bxg5! Txe2 24 Bf6+- -- divide o tabuleiro em dois, impedindo um socorro objetivo diante da escalada das brancas. As partidas desse torneio eram jogadas ao ritmo de 60 minutos a finish e cada jogador dispunha de três softs (programas de xadrez) para fazer consultas, principalmente táticas, sobre a validade de seus planos. Os softs? Hiarcs-7.32, Fritz-6.0 e Junior-6.0, exatamente os que eu uso para analisar aqui as partidas de todos os sábados, aqueles que eu cognomino de "minha trinca terrível". O Advanced Chess de León apenas antecipa o que será o xadrez em breve. Os que não reconhecem isso são os mesmos que não admitiam o uso das calculadoras portáteis (que hoje custam 50 centavos) para executar até operações aritméticas. E mais, acreditem, o lance 17 Cd5! é da lavra de Anand e, não, das máquinas. Se o examinarmos bem, veremos que esse "sacrifício" é puramente posicional, racional, letal.

       17... Bd8 18 Dh5 Cf8
       Não servia 18...exd5 19 Dxh7+ Rf8 20 exd5 Da4 21 Bd4 Bf6 22 Dh8+ Re7 23 Te3+ Ce5 24 fxe5! Txh8 25 exf6+ Rd8 26 Bxb6+ Tc7 27 fxg7 Tg8 28 Txf7, ganhando.

       19 Bd4 f6 20 e5! -
       "A partida está inteiramente ganha para as brancas" - Shirov. Outra vez, se 20...exd5 21 Bxh7+ Cxh7 22 Dxh7+ Rf7 23 Dh5+ Rf8 24 e6! Txe6 25 Dh8+ Rf7 26 Th7 Te5 27 Dxg7+ Re6 28 f5+! Rxf5 29 Dg8#.

       20... f5 21 exd6 Dd7
    
  21...exd5? 22 Bxf5 g6 23 Dh6+-.

       22 Tg3! g6 23 Dh6! Tc6
     
Se 23...exd5? 24 Bxf5 Ce6 25 Txg6+! hxg6 26 Bxe6+! Txe6 27 Dh8+ Rf7 28 Dg7+ Re8 29 Dg8#; daqui em diante, a partida entra numa correnteza de lances forçados que desembocará no diagrama que queremos focalizar.

       24 Te1! Txd6 25 Bxf5! Df7 26 Bxg6! Cxg6 27 f5!! e5!
       A ameaça era 28 Txg6+!.

       28 Bxe5! Bxd5! 29 cxd5 Txe5!? 30 Txe5 Tf6 31 Tg5!  Be7 32 g3 Bf8 33 Dh4 Bg7 34 fxg6 Tf1+ 35 Rg2 Tf2+ 36 Rh3 hxg6
     
Tampouco resolvia 36...Txh2+? 37 Rxh2 Df2+ 38 Rh3 Df1+ 39 Rg4 Dd1+ 40 Rf5 Dc2+ 21 De4 e ganham.

       37 Te1 Bf6 38 Dh6 Bxg5 39 Dxg5 Df5+!!
     
Ainda que não existisse a aterradora ameaça de 40 Dd8+, essa troca, que é perdedora, seria a coisa mais certa a fazer! Eu explico: para concluir o restante da partida, Anand dispunha de 11m32 e Judit, de 2m27. Ela, embora mais pendurada do que ele (ambos são excelentes jogadores de "relâmpago"), deve ter raciocinado: "Estou perdida, mas final de torre ninguém sabe jogar, mesmo dispondo de tempo, calcule então no zeitnot!" E mergulhou de cabeça nas águas turvas de um final que
Alekhine considerava "o quebra-cabeça mais parecido com o jogo de xadrez".

       40 Dxf5 gxf5 (diag. 4) 41 Te6!? Txb2
      É importante assinalar que, aqui, Anand, cheio de si, dispensou o computador e passou a fazer seus lances sem consultar a mais nada. Esqueceu-se, coitado, de que ele é "apenas" vice-campeão mundial de xadrez....

       42 d6 Td2 43 d7 Txd7 44 Txb6 Td2 45 Txa6 Rf7 46 a4 Ta2 47 a5 Re7 48 Rh4?? Txh2+ 49 Rg5 Tg2! 50 Rf4 Tf2+! 51 Re5 Tf3 52 Ta7+ Rd8!!
    
A torre em f3 e o peão em f5 se defendem mutuamente.

       53 Tg7 Rc8! 54 Rd6 Td3+ 55 Rc6 Tc3+ 56 Rb6 Tb3+! 57 Ra7 Rd8 58 a6 Rc8 59 Tf7 Txg7 60 Txf5 Tb3!, 1/2-1/2.

       Na posição do diag. 4, minha trinca terrível recomenda 41 Te7! Txb2 42 d6!! Rf8 (única) 43 Tb7! Re8 44 a3 Ta2 (44...Tb3? 45 Rh4! b5 46 Rg5 Txa3 47 Rxf5+-) 45 Txb6 Txa3 46 Rh4! Rd7 47 Rg5 Ta5 48 h4 Ta3 49 Rf4 Re6 509 h5+-, com sucesso.

       Uma partida incrível, uma resistência notável.

  

 
 

HOME :: PERFIL :: ATUALIDADES :: COLUNAS :: TEORIA :: COMPUTAÇÃO :: XADREZ JUVENIL :: XADREZ FEMININO :: LINKS :: CONTATO