: : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :   CRÔNICAS    : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :
 

  Dortmund - 1
 

 

 

     Em Dortmund, na Alemanha, realiza-se entre 7 e 16 deste mês um dos mais esperados torneios do ano, "28. Internationale Dortmunder Schachtage/Chess Meeting 2000" (Cat. 19), reunindo a nata do xadrez mundial e ainda admitindo, pela primeira vez nesse nível de partidas pensadas, o ingresso do atual campeão mundial dos softs comerciais, Junior-6.0.

      Por ordem de sorteio, 1. Evgeny Bareev (21.11.66 Rússia 2.702) 2. Michael Adams (17.11.71 Inglaterra 2.755) 3. Vladimir Kramnik (25.06.75 Rússia 2.770) 4. Viswanathan Anand (11.12.69 India 2.762) 5. Peter Leko (08.09.79 Hungria 2.743) 6. Robert Hubner (06.11.48 Alemanha 2.615) 7. Alexander Khalifman (18.01.66 Rússia 2.667) 8. Vladimir Akopian (07.12.71 Armênia 2.660) 9. Jeroen Piket (27.01.69 Holanda 2.649) 10. Deep Junior-6 (Israel 2.650 aprox.).

     V.ANAND (2.762) x (2.755) M. ADAMS (5ªrod. Dortmund, 12.07.00 — Espanhola, C 89)

     1 e4 e5 2 Cf3 Cc6 3 Bb5 a6 4 Ba4 Cf6 5 0-0 Be7 6 Tel b5 7 Bb3 0-0 8 c3!?
      Há várias maneiras de se eludir o contra-ataque de Frank Marshall, entre elas, 8 a4!? e 8 d4! No entanto, Vishy aceita o repto, pressupondo com isso uma esmerada preparação teórica para combater essa aguda linha de jogo, que tem em
Adams sua maior autoridade no campo magistral.

      8... d5!?
     Os serviços de segurança de reis e estadistas têm como uma de suas regras básicas a diversificação de itinerário, a mudança na rotina das pessoas que eles protegem. Mike devia saber que o seu adversário elegera alguma coisa especial para ele, mas, mesmo assim, com incomum destemor, parte para a luta franca, sem se importar sequer com a liderança do torneio, que ele assumira na rodada anterior ao derrotar o segundo no ranking mundial, Vladimir Kramnik, quebrando-lhe uma invencibilidade de 18 meses! Mas, diante dessa mútua, temerária e duvidosa aceitação de variante, uma coisa fica bem clara: ambos desconhecem a anedota do sádico e da masoquista, que o genial
Noel Rosa popularizou num samba espetacular: ‘‘O maior castigo que eu te dou é não te bater, pois sei que gostas de apanhar!’’.

      9 exd5 Cxd5 10 Cxe5 Cxe5 11 Txe5 c6 12 Tel Bd6 13 d3
      A outra opção é 13 d4 Dh4 14 g3 Dh3 15 Te4 Bb7 16 Th4 De6 17 Cd2 f5 18 Dh5 h6 19 Cf3 Be7 20 Th3 c5 21 dxc5 Bxc5 22 Bf4 e, superiores, as brancas venceram, 1-0 in 29. Leko-Adams, Dortmund 1999. Este ano, Mike melhorou essa variante, com 15...g5!? 16 Df3 Bf5 17 Bc2 Bxe4 18 Bxe4 De6 19 Bxg5 f5 20 Bxd5 cxd5 21 Cd2 f4! 22 Bxf4 Bxf4 23 gxf4 Ta7! e as pretas se impuseram, 0-1 in 42. Topalov-Adams, Bósnia 2000. O lance 13 d3 tem o pendor de diminuir a fraqueza das casas brancas centrais.

     13... Dh4 14 g3 Dh3 15 Te4 Df5
     Antes, Mike experimentara 15...Cf6 16 Th4 Df5 17 Bc2 Dg6 18 Cd2 Bg4 19 Cf3 Tfe8 20 Rg2 Cd5 21 d4 Bf5 22 Bxf5 Dxf5 23 Bd2 Cf6 24 Bf4 Bf8 25 Bd2 Bd6 26 Bf4 Bf8 27 Bd2 Bd6, 1/2 - 1/2. Leko-Adams, Madri 1998. Em seguida, ele remendou essa linha erroneamente, 15...Cf6 16 Th4 Df5 17 Cd2 g5?! 18 Th6! Cg4 19 Ce4 Cxh6 20 Cxd6 Dg6 21 Ce4 Cg4 22 Bxg5, com vitória das brancas in 39. Svidler-Adams, 01. Elista 1998.

    16 Cd2 Dg6 17 Te1!
     É interessante observar que os campeões mundiais Shredder-4 e Junior-6.0 (softs) insistem ambos em 17 Cfl!? f5 18 Td4 f4 19 Txd5 cxd5 20 Bxd5+ Be6 21 Bxa8 Txa8 22 a4 fxg3 23 hxg3 b4 24 d4 Tf8 25 De2 Bd5 26 c4 Bf3 e aqui, 27 De3 Tf5, 0-1 in 48, Shredder-Fritz-6.0; ou então, 27 Del Te8, 1-0 in 75Junior-6.0-Fritz-6.0, Cadaques 2000. Os humanos, porém, são unânimes com relaçãoi ao lance do texto.

     17... f5 — diag.1
   
Já acontecera entre eles 17...Bg4 18 f3 Bh3 19 Ce4 Tae8 20 Te2 h5 21 Bg5 Bc7 22 Dd2 Rh8 23 Tael f6 24 Cf2 Txe2 25 Txe2 Bf5 26 Bxd5 cxd5 27 Bf4 Bxf4 28 Dxf4 Bxd3 29 Td2 Bb1 39 Dd6, com superioridade, embora 1/2-1/2 in 46. Anand-Adams, Groningen 1997.

     18 a4!
    Nessa posição, os mais comuns são 18 Cf3, 18 Df3 ou 18 f4. Por exemplo, 18 f4 Bxf4 19 Df3 Bb8! 20 Bxd5+ cxd5 21 Cb3! (21 Dxd5+? Df7 22 Dxa8 Bb7) Df7, com igualdade, 1/2-1/2 in 26. Leko-Adams, Linares 1999. O lance 18 a4 não muda em essência a novidade Anand, mas além de eliminar essa fraqueza em a2, a torre-a, dependendo do rumo que a partida tomar, já estará em condições de participar da luta.

    18... Tb8 19 axb5 axb5
    Ano passado, em Dos Hermanas, nesta mesma posição, seguiu 20 Cf3 f4 21 Ce5 Bxe5 22 Txe5 fxg3 23 fxg3 Bg4 24 De1 Bh3 25 Be3 Tf1+ 26 Dxf1 Bxf1 27 Txf1 Tf8 28 Txf8+, 1/2-1/2. Anand-Adams. Em seu trabalho de pesquisa e preparação com o seu segundo e treinador, GM Elizbar Ubilava, Vishy deve ter chegado à conclusão que a posição resultante dessa variante é insuficiente para ganhar.

      20 Ce4! N — diag. 2
     
Posição estranha, que não deve deixar ninguém à vontade, jogando por qualquer um dos lados. No entanto, o Fritz-6.0 afere uma vantagem para as brancas de +1.06 — isso, se as pretas jogarem o melhor, 20...Bc7; para o lance que segue, a superioridade é de +1.56.

    20...fxe4?! 21 dxe4 Bg4 22 Dd4 Bf3 23 exd5 c5!? 24 Dh4! Tbe8
    O Fritz recomenda 24...c4 25 Bd1 Bxd5 26 Dg5 Dxg5 27 Bxg5, com uma superioridade de +1.19.

      25 Be3 Df5!? 26 Tac1!
      Forçado, do contrário 26...Te4 e as coisas se complicariam para as brancas.

     26... Be4! 27 Bd1! Bxd5 — diag. 3
    
Agora, sim, sem ter de trocar o bispo das casas brancas, compensação única pelo sacrifício do peão. Ocorre, porém, que isso é aparente, pois as brancas dispõem de um lance tão simples quanto forte, obrigando as pretas a essa indesejada troca ou, então, à própria capitulação.

  28 Bc2! Df3?
   O Fritz registra 28...Be4 29 Bxe4 Txe4 30 Dg5 De8 31 Bd2 Df7 32 f4 h6 33 Dh4, com uma vantagem de +0.62, traduzindo o peão de vantagem. O que segue carece de validade técnica e pode até debitado ao zeitnot de ambos.

     29 Dxh7+ Rf7 30 Df5+! Rg8 31 Dxf3 Bxf3 32 Bd3! c4 33 Bf1 Te5 34 Bg2! Bh5 35 Bd4 Txe1+ 36 Txe1 Bf7
    Perde o sentido comentar um final com dois peões de desigualdade, mas as brancas precisam ainda eliminar algumas peças para impor essa imensa vantagem.

    37 Ta1! b4 38 cxb4 Bxb4 39 Ta8!! Txa8 40 Bxa8 g5 41 Rg2 Rh7 42 Be4+ Rh6 43 Be3 Rh5 44 h3 Be6 45 g4+, 1-0.

 

 

HOME :: PERFIL :: ATUALIDADES :: COLUNAS :: TEORIA :: COMPUTAÇÃO :: XADREZ JUVENIL :: XADREZ FEMININO :: LINKS :: CONTATO