: : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :   CRÔNICAS    : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :
 

    Festa circense
 

A quinta partida do match Man x Machine denuncia incompetência ou esbulho, podem escolher
 

 

A - Brancas jogam e ganham



B - Mate em 3 lances

 

     Desde seus primórdios, os programas de xadrez foram estruturados para obter vantagem material. Com o tempo, os programadores conseguiram introduzir-lhes alguma “compreensão” posicional, revolucionando seu comportamento. Ainda assim, até hoje, quando um desses softs, na imponência de sua infalibilidade de cálculo, sacrifica um mísero peão, pode ter a certeza de que você vai lhe devolver o “obséquio” ou, mais certo, sofrer algo muito pior.

     Como aceitar então que um programa, que é o atual campeão mundial de sua categoria, seja capaz de um sacrifício extemporâneo, inconseqüente, perdedor?

G. Kasparov x Deep Júnior (5ª p. Man-Machine, NY, 05.02.2003 - Nimzowitch, E 48)
1 d4 Cf6 2 c4 e6 3 Cc3 Bb4 4 e3 0-0 5 Bd3 d5 6 cxd5 exd5 7 Ce2 Te8 8 0-0 Bd6 9 a3 c6 10 Dc2?!
Há uma regra básica norteando os jogadores de ataque: sempre que o bando atacado não dispuser dos lances Cf6 ou Cf8 (Cf3 ou Cf1) e tampouco puder  jogar Bf5 (Bf4), além de perder a vigia da casa g5 (g4), então,automaticamente, torna-se exeqüível o sacrifício

 Bxh7+ (Bxh2+). Por exemplo, H. Câmara x C. Sega (Hebraica x Santos, SP. 1998) 1 d4 Cf6 2 Cf3 e6 3 e3 b6 4 Cbd2 Bb7 5 Bd3 Be7 6 e4 d6 7 0-0 c5 8 c3 Cc6 9 a3 0-0 10 De2 Tc8 11 Te1 Te8 12 Cf1 cxd4 13 cxd4 Ca5 14 C1d2 Tc7 15 b4 Cc6 16 Bb2 Bf8 17 Tac1 d5 18 e5 Cd7 19 b5! Ca5 20 Txc7 Dxc7 21 Bxh7+ Rxh7 22 Cg5+ Rg6 23 Dg4 Dc2 24 Cdf3, 1-0. Se até meus alunos sabem disso, imaginem o Patrão.

10...Bxh2+
Esse lance vai passar à história caissana como
“o primeiro sacrifício furado de um programa campeão mundial de xadrez”. Antes, sem os lances 9...c6 10 Dc2, seguira 9...Cg4 10 h3? Ch2! 11 Te1 Cf3+! 12 gxf3 Dg5+! 13 Rh1 Dh4 14 Cf4 Bxh3 15 Ccxd5 Te6! 16 Cxe6 Bf5+!! 17 Rg1 Dh2+ 18 Rf1 Bg3!, 0-1. Van Wely x Acs, Essent Crown 2002.

11 Rxh2 Cg4+ 12 Rg3! Dg5 13 f4 Dh5 14 Bd2 Dh2+ 15 Rf3 Dh4 16 Bxh7+?
Um jogador da força de Kasparov,
“o último baluarte da raça humana”, como ele se autoproclama sempre que se vai meter nesses duvidosos matches contra “os monstros de silício”, tinha a obrigação de jogar o ganhador 16 g3! Depois disso, oferecem-se as seguintes variantes: 16...Dh5 17 Th1 Cxe3+ 18 Txh5 Bg4+ 19 Rf2 Cxc2 20 Tah1!+-; 16...Dh5 17 Th1 Ce5+ 18 Rg2 Df3+ 19 Rg1+-; 16...Dh2 17 f5 h5 18 e4+/-; 16...Ch2+ 17 Rf2 Cf4+ 18 Re1 Dh3 19 Tg1 Cd7 20 Rd1+-

16...Rh8
Era viável também 16...Dxh7 17 Dxh7+ Rxh7 18 Th1+ Rg8 19 e4!? Dxe4+ 20 Cxe4 Txe4 21 Rxe4 Cf2+ 22 Rf3 Cxh1 23 Txh1 Be6 com igualdade.

17 Cg3 Ch2+!
Já agora não servia 17...Dxh7? 18 Th1 Ch6 19 Dxh7+ Rxh7 20 f5! Rg8 21 e4! dxe4+ 22 Ccxe4 Cxf5 23 Cxf5 Bxf5 24 Cd6, ganhando.

18 Rf2 Cg4+ 19 Rf3 Ch2+, ½-½.

     Esse match, rotulado pela Fide como o “1º Campeonato Mundial Homem x Máquina”, não parece ter comovido a ninguém. O comentarista do site Jaque (Amador Cuesta Robledo), garante que “a palhaçada do match Kasparov x Deep Júnior só é comparável a outra pantomima, também sem graça nenhuma, que foi o match Kramnik x Deep Fritz”. E ele alerta para o fato de que esses matches terminaram sintomaticamente empatados, deixando assim em aberto a acintosa possibilidade de “outros matches e mais dinheiro para esses espertalhões” .

     Robledo recorda que durante o duelo Kramnik x Deep Fritz a indignação era tamanha, que os internautas, participando on-line de análises e comentários, comportaram-se com tal violência verbal que os organizadores em Bahrain tiveram de desconectar a página na Internet que transmitia os jogos desse match.

     Com relação à última partida, Robledo observa que “tal como prognosticara, mesmo com posição superior, Kasparov propôs empate, igualando o match em definitivo. E logo teremos uma revanche, porquanto nunca faltarão imbecis para prestigiar esses ridículos despropósitos”.


Soluções
677 A (H. Rinck, Líder, 1903/05 - 1º pr.) 1 Cd5 dxe5 (1...Dd8 2 g3 Da5 3 e6 Da2+ 4 Re3+-) 2 g3 Dd8 (2...Dh8 3 Tg8! Dh7 4 Tg6+!+-) 3 Tg6+ Rd7 4 Tg8! Da5 5 Ta8! Dxa8 6 Cb6++-.
B (S. Loyd, New York Albion, 1868) 1 Dd6! Rg7 2 e8=D Rh7 3 Ddg6#; 1...Rg8 2 Dg6+; 1...Re8 2 De5!! Rd7/Rf7 3 e8=D#.

 
 

HOME :: PERFIL :: ATUALIDADES :: COLUNAS :: TEORIA :: COMPUTAÇÃO :: XADREZ JUVENIL :: XADREZ FEMININO :: LINKS :: CONTATO