: : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :   CRÔNICAS    : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :
 

  Enghien, ICC, CPI
 

 

 

     Em Enghien-les-Bains, entre 11 e 20 deste mês, os franceses promovem a quarta edição de um magistral com rate-médio de 2651 (Categoria 17), contando com a participação, por ordem de sorteio:

1. A.Grischuk (Rússia, 2672) 2. L.Fressinet (França, 2575) 3. L.Van Wely (Holanda, 2670) 4. E.Bacrot (França, 2627) 5. J.Lautier (França, 2628) 6. V.Tkachev (França, 2672) 7. C.Bauer (França 2618) 8. V.Bologan (Moldávia, 2676) 9. E.Bareev (Rússia, 2709) 10. V.Akopian (Armênia, 2656).

     Torneios assim, sem astros de primeiríssima grandeza e em que se notabiliza um grande equilíbrio de forças, há infelizmente um insuportável índice de partidas empatadas depondo contra o seu prestígio.

     Semana passada, o ICC (International Chess Club, cujo endereço é www.chessclub.com) promoveu o Torneio Dos Hermanas, via Internet, com a participação de mestres e capivaras de todos os quadrantes do mundo. O ritmo de jogo era de 8 minutos para cada jogador, com 2 segundos de bônus por lance.

      Contando com a participação de mais de 32 mil jogadores inscritos e após uma rigorosa triagem classificatória, a final registrou o triunfo do principal colaborador de um dos melhores portais enxadrísticos (www.kasparovchess.com), GM russo Sergey Shipov.

      Enquanto isso, por não dar a devida atenção para o perigo em que se constitui uma secretária descontente, um genro excluído ou um motorista (particular) mal remunerado, o GM inglês Raymond Keene, promotor daquele estranho match válido pelo oficioso título de campeão mundial entre Kasparov e Kramnik, realizado pela firma Brain Games, está sendo investigado pela Scotland Yard. A polícia de Sua Majestade quer saber se há fundamento na denúncia da ex-secretária daquela entidade, Suzanne Martin, de que esse match, orçado em três milhões de libras esterlinas, serviu para lavar dinheiro da máfia russa.

      A sigla CPI servirá apenas para identificar esse ‘‘Condenável Patrocínio Inglês’’, se se provar a procedência de tal acusação. Elementar, Sir.

Dreev x Hendriks (Dos Hermanas Int. KO abril/2001 — Benoni, A 46) 
1 d4 Cf6 2 Cf3 c5 3 d5 g6 4 Cc3! Bg7 5 e4 d6 6 Bb5+ Cbd7 7 a4! 0-0 8 0-0 a6 9 Bc4 Tb8 10 Te1 Ce8 11 Dd3 Cc7 12 a5 b5 13 axb6-ep Cxb6 14 b3 Cb5 15 Bd2 Cxc4 16 bxc4 Cd4 17 Cxd4 Bxd4 18 Ta2! Db6 19 Ce2 Bg7 20 Ba5! Db7 21 Bc3! Bd7 22 h3 Bxc3 23 Cxc3 Da7 24 e5 Bf5 25 Dg3 Tb4 26 exd6 exd6 27 Dxd6 Txc4 28 Txa6 Db8 29 Df6 Db4 30 Te3 Tf4 31 Ta4! Db8 32 Txf4 Dxf4 33 g4! Ta8 34 gxf5 Ta1+ 35 Rg2, 1-0.

Bologan x Bacrot (2ªrod. Enghien-les-Bains, 12.04.01 — Siciliana, B 83) 
1 e4 c5 2 Cf3 Cc6 3 d4 cxd4 4 Cxd4 e6 5 Cc3 d6 6 Be3 Cf6 7 Be2 Be7 8 Dd2 0-0 9 f4 a6 10 0-0-0 Cd7! 11 Rb1 Cxd4 12 Dxd4 b5 13 g4 Da5 14 a3 Bb7 15 g5 Tfc8 16 h4 Tab8 17 h5 Ba8 18 h6 Bf8 19 Bd2 b4 20 Ca2 Dc7 21 Bd3 bxa3 22 b3 Cc5 23 Bc3 e5 24 fxe5 dxe5 25 Dxe5 Cxd3 26 Dxc7 Txc7 27 hxg7 Bxg7 28 Bxg7 Bxe4 29 Bd4 Txb3+! 30 cxb3 Cc1+!, 0-1.


     A partida que vamos examinar representa um belo exemplo do vistoso estilo de jogo do jovem Viktor Bologan (14.12.71 Moldávia 2676), que nesse torneio de Enghiens-les-Bains vem cumprindo uma lamentável atuação, com 1.5 pontos em 6 possíveis. Uma atuação, como diria o saudoso campeão cearense, Coronel Francisco Alves dos Santos, que se constitui numa verdadeira Volta Redonda.

-- Volta Redonda? Por que, Chico?
-- Ora, é ferro por cima de ferro...

C. BAUER (2610) x (2675) V. BOLOGAN  (5ª rod. Enghiens-les-Bains, França, 16.04.2001 -- PD, Ortodoxa, D 55) 

1 d4 Cf6 2 c4 e6 3 Cf3 d5 4 Cc3 Be7 5 Bg5 h6
Com a palavra, o teórico Ludek Pachman: "A jogada intermediária h6, antes de fianchettar o BD (b6 e Bb7 -- Variante Tartakower), é para forçar o Bg5 a tomar uma decisão, ao mesmo tempo em que evita um possível ataque contre esse peão-h, se ele permanecer em sua casa de origem".

6 Bxf6 Bxf6 7 e3 0-0 8 Tc1
Das quatro opções válidas de que as brancas dispõem nessa posição, 8 cxd5, 8 Dc2, 8 Db3 e 8 Tc1, essas duas últimas visam impedir a conveniente expansão das pretas ...c5, sendo que a do texto (8 Tc1) é considerada a melhor, uma vez que não desloca a dama do meio do tabuleiro.

8... Cc6!?
Um lance raro e interessante, buscando a imediata liberação do bispo de c8 com ...dxc4 e ...e5!  O atual pontífice dos softs enxadrísticos (Deep Fritz) preferiu a moderação de 8...c6 9 Bd3 Cd7 10 0-0 dxc4 11 Bxc4 e5! l2 h3! exd4 13 exd4 Cb6 14 Bb3 Bb5 com um jogo equilibrado, ½-½ in 43. Nimzo-8 x Deep Fritz, Computer Chess Match Tournament, Cadaqués/Espanha 2001.

9 a3!?
Esse parece o melhor, vigiando a casa b4 e evitando que o bispo de f1 perca um tempo com o soluço 9 Bd3 dxc4 10 Bxc4. O inigualável Mikhail Tal preferiu 9 Dc2 Ce7 10 Be2 c5 11 dxc5 Da5 12 0-0 Dxc5 13 Tfd1 b6?! 14 cxd5 exd5 15 Db3 Be6 16 Cb5 d4 17 Da4 Dh5 18 Cfxd4 Bg4 19 Bxg4 Dxg4 20 h3 e, com vantagem material, posicional e operacional, as brancas venceram, 1-0 in 37. Tal-Mnatsakanian, Erevan 1980. Em tempo: Tal era gênio e gênio tudo pode.

9... dxc4 10 Bxc4 e5! 11 d5
É claro que as trocas não conviriam para as brancas(
C.Bauer ), uma vez que estas confeririam ao seu adversário uma invejável maioria de peões na ala da dama.

11... Ce7 12 Ce4
Somente agora essa partida difere de 12 e4 Cg6 13 g3 Be7 14 Cd2 Bd6 15 Be2 f5!? 16 exf5 Bxf5 17 Cde4 Dd7 18 0-0 Tf7 19 Db3! b6 20 Bh5 Taf8 21 f3! Te7 22 Db5 Dd8 23 Bg4! com superioridade, 1-0 in 44. Spraggett-Byrne, New York 1983.

12... Cg6 13 Ba2
O Fritz 6-0 sugere 13 d6!? Bg4 14 dxc7 Dxc7 15 Cxf6+ gxf6 16 Dc2 Rg7 17 Cd2 Td8, com ligeira vantagem para as brancas, +/- 0.44. O lance do texto permite que as pretas estabeleçam uma sólida estrutura, com ótimas perspectivas de expansão e ataque na ala do rei.

13... Be7! 14 0-0 Rh8 15 Db3 f5!
A disposição dos peões no tabuleiro é que determina o caráter de cada posição. A proposta aqui é muito clara: Victor inicia uma maciça escalada na ala do rei, não obstante a impecável formação de peões do roque das brancas.

16 Cc5 Bd6!
O Fritz indica 16...b6 17 Cd3 Bd6 18 Cb4 Ch4 19 Cxh4 Dxh4 20 Cc6 e4 21 g3, com jogo preferível (0.25) para as brancas. O lance textual, porém, obedece à "humana idéia" de direcionar todas as peças pretas para a ala do rei, mesmo que isso implique em prejuízo material.

17 Bb1 Df6 18 Tfe1 b6! 19 Ce6 Bxe6
Esse bispo de casas brancas era de pouca ou nenhuma valia para o ataque das pretas, daí sua imediata imolação.

20 dxe6 e4!
"Se seu bispo estiver em casas pretas, seus peões devem estar em casas brancas"-- essa recomendação básica se aplica em quase todas as circunstâncias. Depois desse lance, o Fritz registra uma vantagem para as pretas de -0.41. O bispo de casas pretas está absoluto no tabuleiro e Victor vai explorar com mestria esse detalhe significativo.

21 Cd4 Tae8!
Esse lance denuncia a indelével influência da escola soviética na formação, no estilo de Victor. E ele só se dispõe a começar sua violenta e pirotécnica festança agora, com a chegada do último convidado.

22 Cb5 Ch4! 23 Ted1
No caso de 23 Cxd6 Dg6! 24 g3 Cf3+ 25 Rg2 (25 Rh1 Dh5 26 h4 Dg4-+) 25...Cxe1+ 26 Txe1 cxd6-+; ou então, 23 Cxc7 De5! 24 Cxe8 Cf3+!! 25 gxf3 Dxh2+ 26 Rf1 exf3-+, ganhando.

23... Dg5 24 g3 Cf3+ 25 Rg2 Dh5 26 h4
Se 26 Th1 f4! 27 exf4 Bxf4 28 Cxc7 Bxc1 29 Cxe8 Cg5 30 h4 e3!-+ 1.50; ou ainda, 26 Th1 f4! 27 Cxd6 Cg5! 28 Rg1 Df3 29 Cxe4 Ch3+ 30 Rf1 Dxh1+ 31 Re2 Dxc1-+ 6.84.

26... Bxg3! 27 fxg3 Cxh4+!
Desde o 23º lance que o rei branco está entregue à sua própria sorte, combatendo sozinho esse mortífero e ágil comando adversário, composto por Dama, Bispo e Cavalo -- sem que se vislumbre uma mínima chance de escapar a tal cerco. Dom Quixote não faria melhor.
O arremate a seguir é bastante instrutivo.

28 gxh4
O Fritz registra uma linha ultra esquisita, se 28 Rf2!? Df3+ 29 Re1 Dxg3+ 30 Rd2 a6! 31 Txc7 axb5 32 Tf7 Cg2! 33 Tf1 Txf7 34 exf7 Td8+ 35 Rc1 Cxe3 e as brancas estariam mais perdidas ainda.

28... Df3+ 29 Rh2 Df2+ 30 Rh1 Dxh4+ 31 Rg1
Seria pior 31 Rg2 Tf6! 32 Tg1 Tg6+ 33 Rf1 Dh3+ 34 Re1 Txg1+ 35 Rd2 Tg2+ 36 Rc3 Dxe3+, ganhando.

31... Dg3+ 32 Rf1 f4! 33 Bxe4
Esse lance é o que há de melhor para as brancas (segundo o Fritz), mas incapaz de conter a implacável rede de mate que mais e mais envolve o rei das brancas.

33... fxe3+ 34 Re2 Tf2+ 35 Rd3 e2+! 36 Rc4 exd1=D 37 Dxd1?
Perdia mais devagar 37 Txd1 De5 38 Dd3 Txe6 39 Cc3 Txb2, com um insuportável índice negativo para as brancas de -+ 5.03.

37... De5! 38 Cc3 Txb2 39 Dd7 b5+!!
O golpe final, consignando a primeira vitória de Bologan nesse torneio.

40 Rd3 Dg3+, 0-1.

 


Soluções 582
 
A (N.Kralin, Szachy, 1973) 1 Tg7+ Rh8 2 Tg8+! Rxg8 3 h7+ Rh8 4 Rh6! a6 5 h3!! a5 6 h4 a4 7 h5 Tg1 8 Bxb2+ Tg7 9 Bxg7++.
B
(A.Galitzky, Schachmaty Jurnal, 1892)
1 De5! (zug) 1...Bb3!? 2 Bxb3 Rb1 3 De1++; 1...Bb1 2 De1 Ra2 3 Da5++.

 

HOME :: PERFIL :: ATUALIDADES :: COLUNAS :: TEORIA :: COMPUTAÇÃO :: XADREZ JUVENIL :: XADREZ FEMININO :: LINKS :: CONTATO