: : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :   CRÔNICAS    : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :
de
Hélder Câmara


   13/11/2004                 

36ª Olimpíada de Calviá: uma festa inesquecível
Deploráveis cenas de pugilato no seu encerramento


 

    A recém-finda 36ª Olimpíada de Calviá, na Espanha, notabi-lizou-se não apenas pela força de seus participantes e um número recorde de países inscritos, mas também pelo esmero com que os espanhóis organizaram a maior festa do enxadrismo mundial.


Anand in Calviá

       Na solenidade de encerramento, porém, para provar que não há luz sem sombra, o representante da Geórgia, GM Zurab Azmaiparashvili, que é também membro da própria FIDE, protagonizou uma cena indigna até mesmo de campos de futebol varzeanos, ao tentar subir ao proscênio à força de cachações para protestar, na hora e no lugar errado, contra a acusação dos israelenses de que o seu país “amolecera” na última rodada para a Armênia – país que disputava com Israel a terceira colocação no masculino.
 

      Após agredir “el jefe de la seguridad”, o GM em questão ficou moído de pancada, sendo que a sua foto com o rosto coberto de hematomas coloriu os principais sites enxadrísticos. Com isso, ele revelou também desconhecer a judiciosa observação do Millor Fernandes: “A borracha é nossa, mas está na mão do guarda!”.

     V. Anand (2781) x (2758) A. Morozevich (9ª rod. 36 Olimp. Calviá, 24.10.2004 – Siciliana, B 41)

     1 e4 c5 2 Cf3 a6 3 c4 e6 4 Cc3 Dc7 5 d4 cxd4 6 Cxd4 Cf6 7 a3 b6 (Uma surpresa nessa posição é 7...Cxe4!? 8 Cxe4 De5 9 Dd3 d5, embora as brancas mantenham a leve superioridade da iniciativa).

      8 Be3 Bb7 9 f3 Cc6 10 Be2 Ce5 (Mais condizente com a sua natural falta de espaço seria 10...Cxd4 11 Dxd4 Bc5! 12 Dd3 Bxe3 13 Dxe3 d6, com equilíbrio, ½-½ in 61. Birisek x Gagunashvili, 2ª rodada dessa olimpíada).

      11 Ca4 Tb8 12 Tc1 Be7 13 b4! (Antes mesmo de completar seu desenvolvimento, Vishy aciona sua maioria, ameaçando agora o asfixiante 14 c5!).

      13...d6 14 0-0 0-0 15 Dd2 Ba8 (Nessa posiçãoouriçada”, mercê dos peões em a6, b6, d6 e e6, a meta das pretas é liberar seu jogo através de b5 ou d5, sempre que possível).

      16 Cb3 Rh8 17 Tfd1 Tg8!? (O lobo perde o pelo, mas não perde o vício: Moro é jogador de ataque e sopesando a presente posição concluiu que a maioria de suas peças está direcionada para a ala do rei, daí essa mudança brusca de itinerário).

      18 Bd4 (Aqui, o Fritz-8 sugere 18 b5!? E se 18...a5 19 Bxb6! Txb6 20 Cxb6 Dxb6+ 21 c5! Dxc5 22 Dxa5 e as brancas estariam ganhas, +-1.12; com 18 Bd4, Vishy quer aproveitar o próprio laço que Moro está armando para enforcá-lo).

      18...Ced7 19 De3 Dc6 20 Cb2! (O Fritz propõe 20 Cc3, mas Vishy quer esse cavalo pressionando o centro em d3, posto que as pretas serão obrigadas a jogar ...e5, para evoluir com o seu ataque).

      20...e5 21 Bc3 g5!? 22 h3 (Enquanto o Fritz indica 22 b5 ou 22 a4, ambos relacionados com a maioria das brancas, Vishy executa esse lancepsicológico”, pois ele sabe que virá o indefectível ...h5, destelhando de vez o castelo real das pretas).

      22...h5?! 23 Cd3 g4 24 hxg4 hxg4 25 c5! (Vishy quer o entrevero em terreno que lhe é propício e esse lance tem o condão de movimentar sua maioria e de enfraquecer a fundamental casa e5).

      25...gxf3 26 Bxf3 bxc5 27 Ca5 Db5 28 a4!? (Vishy exagera para fixar o palco da luta na ala da dama, quando o indicado era 28 bxc5 Tg6 29 Td2 Cxc5 30 Cxc5 Dxc5 31 Dxc5 dxc5 32 Bxe5, com ligeira vantagem. Para o lance do texto, o Fritz afere uma igualdade em =0.09).

      28...Dxa4 29 bxc5 Cg4? (Era melhor 29...Tg7 30 c6 Bxc6 31 Cxc6 Dxc6 32 Bxe5 Db5 33 Bd4 Rg8, com insignificante inferioridade, +/-0.16 F-8).

      30 De2?! (O Fritz prefere 30 Bxg4! Txg4 31 c6 Cf6 32 c7!, com muita vantagem, +-1.37).

      30...Cdf6 31 Ta1! Db5 32 Td2! Tbc8 (Evitando o esvaziamento de seu ataque, que adviria depois de 33 Tb2 e 34 Txb8).

      33 Tb2 Dd7 34 Cc4! De6 35 Cb6 dxc5? (Nem mesmo o apuro de tempo justifica essa perda de qualidade, quando estava disponível o simples 35...Tcd8 36 Cxa8 Txa8 37 Tb6 Dc8, =0.19 F-8).

      36 Cxc8 Txc8  – diagrama  (Somente agora uma troca de peças!).

      37 Cf4! Dd7 38 Td2! Da7? 39 Txa6 Db7 40 Bxg4! (E observa-se uma total mudança na estratégia de ambos: enquanto as pretas se passaram para a esvaziada ala da dama, as brancas dominam vitoriosas a ala do rei).

      40...Cxg4 41 Dxg4! Dxa6 42 Bxe5+ (Como se , Moro armou o cadafalso para a sua própria execução).

      42...f6 43 Cg6+ Rh7 44 Cxe7 fxe5 45 Cxc8, 1-0.



Estudos e problemas

758   A (A. Troitzky, Eskilstuna Kuriren, 1916) 1 g7 e1=D 2 g8=D Rb7 (2...
             Bxf4 3 Rd7+ Bb8 4 Dd5#) 3 Db3+ Rc6 4 Db6+ Rd5 5 Db5!!+-.

         B (R. Collinson, 777 Chess Miniatures, 1908) 1 Da7!! Rxg4 2 De3 Rh4
            3 Df4#; 1…Rxg5 2 Dg7+ Rh4 3 Cf5#; 1…Rxg3 2 Dg1+ Rh4 3 Cf3#.
       
 

HOME :: PERFIL :: ATUALIDADES :: COLUNAS :: TEORIA :: COMPUTAÇÃO :: ARQUIVO :: XADREZ FEMININO :: LINKS :: CONTATO