: : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :   CRÔNICAS    : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :
de
Hélder Câmara


   07/02/2004                 

Sucesso do livro sobre os campeões mundiais

Análises computadorizadas causam polêmica
 

      O recente e ciclópico trabalho de Garry Kasparov “Meus Grandes Antecessores”, analisando o estilo e o comportamento de todos os campeões mundiais, é uma obra fundamental na literatura enxadrística e destina-se a provocar os mais calorosos debates.

      Kasparov foi o 13º campeão do mundo desde a instituição oficial desse título . Assim, ele dividiu seu trabalho em três volumes, sendo que em cada um deles são focalizados 4 campeões do passado.

     No tomo I, Steinitz, Lasker, Capablanca e Alekhine; no tomo II, Euwe, Botvinnik, Smyslov e Tahl. O tomo III, ainda no prelo, perfila Petrosian, Spassky, Fischer e Karpov.
 
      Uma
partida vai muito além de um simples resultado e nem mesmo o “Boss”, com toda a sua autoridade, consegue recriar o “clima em que ela foi jogada. De qualquer modo, é louvável o seu esforço em traçar o intangível perfil desses gigantes da arena magistral.

           Quanto às suas análises, ele agradece de antemão àqueles que o avisem de possíveis incorreções. E essa proposta, em plena era cibernética, tem feito a alegria de muitos leitores que, aproveitando ao máximo o rendimento de softs de ponta, estão transformando sua imprescindível e alentada obra numa verdadeira tábua de pirulitos —- tamanha a quantidade de “furos”.

        O engenheiro Sergey Sorokhtin (34), de São Petersburgo, Rússia, é um amador de força média, mas um super GM-A em computação:

        H. Pillsbury x E. Lasker (St. Petersburgo, 1895 – Tarrasch, D 50) 1 d4 d5 2 c4 e6 3 Cc3 Cf6 4 Cf3 c5 5 Bg5 cxd4 6 Dxd4 c6 7 Dh4 Be7 8 0-0-0 Da5 9 e3 Bd7 10 Rb1 h6 11 cxd5 exd5 12 Cd4 0-0 13 Bxf6 Bxf6 14 Dh5 Cxd4 15 exd4 Be6 16 f4 Tac8 17 f5 Txc3! 18 fxe6 Ta3!! 19 exf7+ Txf7 20 bxa3 Db6+! 21 Bb5!? Dxb5+ 22 Ra1 Tc7 23 Td2 Tc4! 24 Thd1 Tc3 25 Df5 Dc4 26 Rb2 Txa3!! 27 De6+ Rh7 28 Rxa3? Dc3+ 29 Ra4 b5!+ 30 Rxb5 Dc4+ 31 Ra5 Bd8+ 32 Db6 Bxb6#, 0-1.

       Kasparov esclarece que, em vez de 28 Rxa3?, Pillsbury se salvaria com 28 Df5+! Rh8 29 Rb1! Txa2 (29...Bxd4? 30 Df8++-) 30 Txa2 Db3+ 31 Rc1 Bg5+ (31...Dxa2? 32 Dc8+ Rh7 33 Dc2++-) 32 Tad2 Dc3+ 33 Dc2 Da1+ 34 Db1 Dc3+, empate.

       Sorokhtin (leia-se Fritz) refuta essa análise com 28 Df5+! Rg8!! (esse lance quebra a seqüência de “xeques bons” das brancas) 29 Rb1 (se 29 De6+ Rh8!! 30 De8+ Rh7 31 Rb1 Bxd4! 32 De2 Db4+ 33 Tb2 —- se 33 Rc1? Tc3+ 34 Tc2 Da3+ 35 Rb1 Tb3+ ou 35 Rd2 Txc2+/-+ —- 33...Bxb2 34 Dxb2 De4+ 35 Ra1 Ta6!-+) 29...Bxd4 30 Te1 Db4+ 31 Rc1 Dc3+ 32 Dc2 (32 Rd1? Da1+ 33 Re2 Te3+) 32...Da1+ 33 Db1 Tc3+ 34 Tc2 Be3+! 35 Txe3 Dxb1+ 36 Rxb1 Txe3 37 Td2 Te5, ganhando.

       Em outro exemplo, Kasparov anota uma salvação equivocada. Brancas (Treybal): Rg2, Db8, b2, g5 e h4 (5); Pretas (Alekhine): Rf7, Dc1, Tf8, g7 e h7 (5) - Bad Pistyan, 1922.

       Nesta posição, seguiu 40 Db3+? Rg6 e Treybal abandonou. Kasparov registra que depois de 40 g6+!! Treybal empataria: 40...hxg6 (40...Rg8? 41 gxh7+) “e agora as brancas forçam o empate por xeques perpétuos: 41 Db3+ Rf6 42 Df3+ Re7 43 Da3+ Re8 44 Da4+! (44 Da8+? Rf7 45 Dd5+ Re7 46 De5+ Rd7! 47 Dxg7+ Re8 48 Dxg6+ Tf7 49 De6+ Rf8 50 Dd6+ Rg8 51 Dd8+ Rg7 52 Dd4+ Tf6 53 Dd7+ Rh6-+) 44...Rd8 45 Da8+ etc”. E aqui ele sua análise por encerrada.

     Sorokhtin garante que depois de 45...Dc8! as pretas escapam facilmente aos xeques da dama branca.

     Além desses, há pelo menos quatro outros exemplos revalidando a célebre frase de Horácio: “Quandoque bônus dormitat Homerus”.

 


Estudos e problemas

722 A (A. Selesniev, Schajmaty, 1929) 1 Txc5+! Txc5 2 f7 Tc6+! 3 Re5!! (3 Re7? Tc1 4 f8=D Te1+ 5 Rf7 Tf1+=) 3…Tc5+ 4 Re4! Tc4+ 5 Re3 Tc3+ 6 Rf2 Tc2+ 7 Rg3! Tc3+ 8 Rg4 Tc4+ 9 Rg5 Tc5+ 10 Rg6 Tc6+ 11 Rg7+-. B (H. Meyer, Westdeutscher Schachbund, 1863) 1 Bh8! Rc7 2 Dc2+ Rb7/Rd7 3 Dh7/Dc6#; 1…Ra7 2 Da1!! Rb7 3 Dg7#.
 

HOME :: PERFIL :: ATUALIDADES :: COLUNAS :: TEORIA :: COMPUTAÇÃO :: ARQUIVO :: XADREZ FEMININO :: LINKS :: CONTATO