: : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :   CRÔNICAS    : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :
 

  Linares - 1 
 

 

 

     Em Linares, na Espanha, realiza-se em duplo turno, até o dia 10 de março, o principal torneio do ano, Super Grand masters Linares 2000, com um rate-médio de 2.752 pontos-ELO, categoria 21.
     Até a terceira rodada, a tabela registrava:
1/2. Kasparov e Kramnik 2.0; 2/3. Leko e Shirov 1.5; 5/6. Khalifman e Anand, 1.0.

 V. ANAND (2.769) x (2.751) A. SHIROV (3ªrod. Linares, 01.03.00 — Petrov, C 42)

 1 e4 e5 2 Cf3 Cf6
Esse esquema de jogo bem poderia ser definido como defesa Russa ou contra-ataque Petrov, dependendo apenas de quem estivesse conduzindo as pretas

 3 Cxe5 d6 4 Cf3 Cxe4 5 d4 d5 6 Bd3 Bd6
 Em quase todas as suas partidas nessa linha, Shirov preferira sistematicamente a continuação de Jaenisch, 6...Cc6 e 7...Be7; agora, em Linares, logo na 1ª rodada (contra Kasparov), ele também optou por esse agudo gambito Marshall, 6....Bd6.

 7 0-0 0-0 8 c4 c6 9 cxd5
 Ou então, 9 Cc3 Cxc3 10 bxc3 Bg4 11 h3 Bh5 12 cxd5! cxd5 13 Db3?! Bxf3 14 Dxb7 Cd7 15 gxf3 Cb6 16 Tb1 Df6 17 Rg2 Tac8! 18 Dxa7 Txc3 19 Txb6 Txd3 29 Be3 Dg6+ 21 Rh1 De6 22 Rg2 Dg6+, 1/2-1/2. Capablanca-Marshall, match 1909.

 9... cxd5 10 Cc3 Cxc3 11 bxc3 Bg4 12 Tb1 Cd7! 13 h3 Bh5 14 Tb5!
A perpétua fraqueza do peão de d5 justifica a denominação de gambito dessa variante; quanto a 14 Txb7 Cb6 15 Bd2 h6 16 Te1! Dc8 17 Ba6 Dc6, com equilíbrio, 1/2-1/2 in 37. Nadyrhanov-Raetsky, Krasnodar 1995.

14... Cb6 15 c4! Bxf3
Não serve 15...Cxc4 16 Txd5! Bh2+ 17 Cxh2! Dxd5 18 Bxc4 Dxc4 19 Dxh5, com superioridade, Mahia-Pla, Mar del Plata 1988.

16 Dxf3 dxc4 17 Bc2
O atual campeão mundial de softs preferiu 17 Be4!? Dd7 18 Ta5 Bb4 19 Th5 g6 20 Bh6! Tfd8 21 Td1! Bf8 22 Bxf8 Txf8 23 Ta5 Tfb8 24 g4! f6 25 h4!, com grande vantagem, 1-0 in 56. Junior 6.0-Century, Cadaqués 2000.

17... Dd7 18 a4 g6 19 Be3
Uma raridade, sendo mais comuns 19 Bh6 e 19 Bd2; por exemplo, 19 Bh6 Tfe8 20 Tfb1 N Tad8 21 Bg5 Be7 22 a5 Cd5? — 22...Bxg5! 23 axb6 Be7! 24 bxa7 b6! — 23 Txb7 De6 24 Bd2, com jogo preferível, 1-0 in 43. Svidler-Akopian, Erevan 1996; ou ainda,
19 Bd2 c3!? 20 Bxc3 Tac8 21 Be4 Tc4 22 Tbb1 Txa4 23 Bxb7 Ta3! 24 Tfc1 Dc7 25 Ta1 Tb8 26 Be4 Tb3 27 Bd2 Bh2+! 28 Rh1 Txf3 29 Txc7 Txf2 30 Rxh2 Txd2 31 Taxa7  e foi nessa posição que Shirov, com o Gigantão fungando em seu pescoço, cometeu uma capivarada que por certo ficará na galeria das cegueiras célebres: 31...Cc8??? 32 Tab7 Txb7 (se 32 Ta8 33 Tb4+-) 33 Txc8+! Rg7 34 Bxb7 e as brancas venceram, 1-0 in 52. Kasparov-Shirov, 1ªrodada deste torneio. Se Shirov tivesse jogado 31...Txd4 32 Txf7 Txe4 33 Tg7+ Rf8 34 Txh7 Rg8 35 Tag7+ Rf8 36 Txg6= ou mesmo, simplesmente, 31...Tf8, o empate estaria assegurado e até a terceira rodada, Kasparov não teria ganho de ninguém.
Olha aí, Gonzaga, você não está sozinho...

 19... Tac8 20 Tfb1 c3 21 a5 Cc4 22 Txb7!?
O Fritz-6.0 e o Hiarcs-7.32 preferem 22 Bh6 Tfe8 23 Df6 Bf8 24 Txb7, ainda que as pretas, tanto com 24...Dd5 quanto com 24...Te1+, estabelecessem uma posição de equilíbrio material e dinâmico.

 22... De6 23 Ta1 N
Somente agora, transcorridos 23 lances do catecismo teórico, essa partida difere de Kazhgaleyev-Arencibia, Ol. Elista 1998: 23 Tc1 Cxe3 24 fxe3 Tc7 25 Bb3 De7 26 a6 Rg7 27 Txc7 Dxc7 28 Dd7 Tc8 29 Rf1 Rh6, com igualdade, 1/2-1/2 in 44. No caso de 23 Bb3 Df5! 24 Dxf5 gxf5 25 Txa7 Bb8! 26 Ta6 c2 27 Tc1 f4 28 Txc2 fxe3 29 Bxc4 e2 30 Txe2 Txc4 e as pretas podem até ganhar. Com 23 Ta1, Anand sonhava criar um peão-bala na coluna-a.

 23... Bb8 24 Bb3 Dd6 25 g3
Aqui, a tentativa de empate seria precária: 25 Txb8 Dxb8 26 Bh6 Cd6! 27 Bxf8 Rxf8 28 Tb1 Rg7 e as pretas estariam melhores.

25... Cxe3 26 Bxf7+
A minha dupla mercenária aplaude esse lance (F/+97 e H/+95), mas será por essa coluna-f, agora aberta, que escorrerão as lágrimas de Anand. É claro que Anand não buscava o ganho inútil de um simples peão, mas a possibilidade de aferrolhar a posição com Be6 e d5. Por uma questão de índole, porém, um jogador de ataque dificilmente aceitaria um acepipe desses, que se vai revelar depois um tremendo engasga-gato.

 26... Rh8 27 Dxe3 (27 Td7?! Dc6!) 27...Df6! 28 Be6
Não servia 28 De7? Dxe7 29 Txe7 c2! 30 Tc1 Bd6 31 Txa7 Ba3, ganhando.

 28... Tce8 29 d5 Be5!?
 
E chegamos ao zênite da partida, uma posição cheia de nuances a exigir de ambos uma avaliação correta de cada variante. Shirov analisara 30 Dxa7 Txe6 31 dxe6 Bd4 32 Txh7+ Rg8 33 Db7 Dxf2+ 34 Rh1, contentando-se com o empate que adviria de 34...Df1+ 35 Txf1 Txf1+ 36 Rg2 Tf2+ 37 Rg1 Tf7+ 38 Rh2 Tf2+! e se 39 Dg2 Txg2+ 40 Rxf2 Txh7 41 e7 c2, com remotas chances de ganho. Na Sala de Imprensa, contígua ao salão dos jogos, Ljubomir Ljubojevic apontava boas chances de ganho para as pretas depois de 34...c2! (ao invés de 34...Df1+) 35 Tf7 Bxa1 36 Txf2 c1=D+ 37 Rg2 Txf2+ 38 Rxf2 Bd4+ 39 Re2 De3+ 40 Rd1 Dxe6 41 a6, mas a falta de material indicaria a lógica do empate. Enquanto isso, Anand garantia como ganhador aqui 30 Ta4! c2 31 Tc4 Bd4 32 Df4 Dxf4 33 gxf4 Txf4 34 Txc2 Tef8 35 Tcc7 Bxf2+ 36 Rg2 Th4 37 d6 Bd4 38 d7 Te4!? 39 Bc4! Bg7 40 Tc8 Td4 41 Te8 e ganham; ou 30 Ta4! Tb8 31 a6 c2 32 Tc4 Bd4 33 Df4! Bxf2+ 34 Rxf2 De5 35 Tf7 Txf7+ 36 Bxf7 Dxf4+ 37 gxf4 Tf8 38 Txc2 Txf7 39 d6, ganhando. No entanto, no zeitnot, vejam o que ele jogou....

 30 Ta2?? Bd4 31 De1?
Erro após erro; era melhor 31 Dd3! Bxf2+ 32 Rg2, com boa resistência. O lance do texto permite 31...Df3, ameaçando o funerário ...Dxg3+.

 31... Df3! 32 Rh2 Dxd5!
E agora só as pretas podem coroar....

 33 Bxd5 Txe1 34 Rg2?  34... Bxf2!
 Até mesmo aquele croquetinho de f7 Shirov cobra de volta e ainda ameaça 35..Tg1+ 36 Rh2 Td1!, ganhando.

 35 Tf7 Txf7 36 Bxf7 Bc5!
 Não obstante ou bispos de cores opostas, as brancas não podem impedir que as pretas aumentem ainda mais sua superioridade ganhadora.

 37 Bb3 Rg7! 38 Tc2 Bd4 39 a6 Rf6!!
A leitura dessa posição é muito fácil: as pretas têm, principalmente, uma peça de vantagem — seu rei. E somente o zeitnot justificaria os dois lances seguintes.

 40 Ta2 Re5! 41 h4 Re4!, 0-1.
Uma partida de grande interesse teórico.

 
 

HOME :: PERFIL :: ATUALIDADES :: COLUNAS :: TEORIA :: COMPUTAÇÃO :: XADREZ JUVENIL :: XADREZ FEMININO :: LINKS :: CONTATO